Skip to Content

Arquivo de categoria: Notícia

“Agora é hora da engenharia”, diz Alckmin

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve no Congresso Nacional nesta quarta-feira (21) para uma reunião com a bancada do seu partido. Na ocasião, concedeu entrevista exclusiva ao blog A Protagonista em que falou sobre sua pré-candidatura presidencial e as expectativas para a sucessão em São Paulo.

“Agora é hora da engenharia. Estamos trabalhando para ter um bom projeto para o Brasil. Acabamos de indicar, e ele aceitou, o Pérsio Arida para coordenar o programa da área econômica. Queremos ter o melhor projeto para o Brasil”, afirmou.

Embora seja o presidente do PSDB e o favorito do partido para a sucessão de Michel Temer, Alckmin deverá passar por uma disputa de prévias contra o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

A realização de prévias também pode ocorrer em São Paulo, em que quatro nomes se apresentam no PSDB – o ex-senador José Aníbal, o secretário Floriano Pesaro, o cientista político Luiz Felipe D’Ávila e o prefeito João Doria, que não fala publicamente sobre a intenção. Além disso, há correntes no partido que defendem o apoio a Márcio França (PSB), vice de Alckmin que ocupará o governo se o tucano for candidato a presidente.

“O diretório vai se reunir no dia 5 de março para marcar a data das prévias”, disse o governador.

 

Fonte e vídeo: Gazeta do Povo

Imagem: Internet

LEIA MAIS

Engenharia da resiliência e a segurança

Artigo: Marcelo Costella – Professor de Pós-Graduação em Engenharia Civil

 

Termo ainda pouco difundido, a engenharia de resiliência aparece como um novo paradigma para o estudo da segurança, propondo um entendimento de como as pessoas reagem frente à pressão.

É uma forma diferente de se pensar em áreas como a saúde e a segurança em organizações privadas.

Levando em consideração os recursos e tempo finitos para o desenvolvimento de medidas e soluções, esse movimento defende a adaptação por parte dos indivíduos que coabitam com possíveis problemas.

Em um momento histórico da trajetória brasileira, mais do que nunca, é preciso pensar em alternativas que proponham uma melhoria para o dia a dia nas cidades e dos negócios privados.

Esse conceito aparece como uma alternativa frente às abordagens tradicionais, pois não analisa somente as falhas, mas também os sucessos. Neste aspecto, observa-se que as instituições funcionam em cenários complexos, exigindo que as pessoas se ajustem e se adaptem nas atividades que desempenham para responder adequadamente as variabilidades e as tomadas de decisões.

Compreendendo essa realidade, os gestores conseguem identificar o que influencia o trabalho das equipes, tendo consciência sobre os fatores que impactam no cumprimento das metas organizacionais.

Sob a perspectiva do desempenho humano, a engenharia de resiliência afirma que não é correto limitar a investigação de incidentes ao papel dos erros humanos, e sim devem ser consideradas as condições que conduziram a esse resultado.

Compreender as causas junto a sistemas complexos, buscando resiliência, identificando falhas e circunstâncias pelas quais os mesmos ocorrem, ou venham a ocorrer, é primordial.

A abordagem sistêmica dos acidentes de trabalho é uma tendência na qual a visão da atribuição de culpa em relação a eles é transferida para um contexto em que o erro humano não é mais a causa raiz desses, porém continua sendo avaliado.

A concepção de uma única causa raiz geradora dessa situação deixa de ser considerada.

 

Fonte: Jornal do Comércio

LEIA MAIS

Conheça 4 startups que estão revolucionando o mercado da construção civil

As startups Molegolar, Tec Verde, Decorati e URBE.ME apresentaram suas soluções e debateram questões importantes do setor de construção.

No primeiro painel de startups do ConstruTech Conference, Saulo Suassuna, fundador e CEO da Molegolar, Caio Bonatto, CEO da Tec Verde, Rafael Pais, CEO da Decorati, e Paulo Deitos, co-fundador e CEO do URBE.ME, apresentaram suas soluções inovadoras para mais de 1000 pessoas ligadas ao setor da construção civil. Conheça melhor cada uma abaixo:

Molegolar

A Molegolar é uma startup que permite a formação de plantas arquitetônicas que se adaptam às necessidades dos clientes por meio da combinação de módulos de vários tamanhos. Ou seja, a tecnologia desenvolvida pela startup permite aumentar e diminuir a planta de acordo com as fases da vida do cliente.

Com isso, o construtor é capaz de atender todas as diferentes demandas do mercado, com riscos diminuídos e mais velocidades de vendas.

De acordo com Saulo Suassuna, a tecnologia desenvolvida pela empresa muda tanto a forma de projetar os empreendimentos quando a concepção do que é projetar. “Além disso, a inteligência artificial da Molegolar aumenta a produtividade e torna o negócio mais escalável”, diz.

TecVerde

A TecVerde é uma startup de engenharia civil que trouxe para o Brasil os conceitos de tecnologia mais avançados do mundo para tornar as construções mais eficientes. “A empresa nasceu com o sonho de tornar o setor de construção civil mais industrializado e sustentável”, conta Caio Bonatto.

Atualmente, a startup conta com uma linha de produção totalmente automatizada que permite aumentar a produtividade, diminuir custos, reduzir 85% dos resíduos em obras e economizar cerca de 90% em recursos hídricos.

“Nossa fábrica é considerada a mais automatizada da América Latina. Nós conseguimos montar um prédio em sete dias com apenas 4 operários porque todas as partes do apartamento, como janelas e instalações elétricas, já vêm prontas de fábrica”, diz Caio.

Decorati

A Decorati é uma startup especializada em reforma de apartamentos recém entregues pela construtora. “O Brasil não valoriza o arquiteto e o engenheiro na hora de uma reforma, e a Decorati vem para mudar isso. Hoje, a gente já conseguiu fazer com que muitos arquitetos que não estavam no mercado de trabalho tenham mais portfólio do que arquitetos com mais de dez anos de carreira”, conta Rafael Pais.

A startup faz desde o projeto inicial até a execução de toda obra e móveis sob medida por meio de um contrato único. Além disso, buscando trabalhar a praticidade e melhorar o gerenciamento da obra, a Decorati disponibiliza um relatório diário online durante a execução do seu projeto.

Atualmente, a startup possui mais de 160 clientes cadastrados em sua plataforma online e movimentou mais de 10 milhões de reais até o final de 2017.

URBE.ME

O investimento no mercado imobiliário é uma das melhores formas de rentabilizar o patrimônio e pode ser feito de diversas formas. O problema é: os maiores lucros desse setor ficam restrito a investidores com altos volumes de capital.

Pensando em quebrar esse paradigma, nasceu o URBE.ME, o primeiro site de crowdfunding imobiliário do Brasil. Com a plataforma, investidores podem investir em empreendimentos imobiliários de alto valor a partir de R$ 1 mil de forma completamente online, sem intermediário e com menos burocracia. “Com o URBE.ME, o investidor se torna uma espécie de sócio do empreendimento, só que sem a burocracia e os riscos de um sócio comum”, diz Paulo Deitos.

 

Fonte e Imagem: STARTSE

LEIA MAIS

Faça os Exames Complementares de seus funcionários em um só dia no Seconci-DF

A partir de 1º de março, o Seconci-DF disponibilizará às empresas, em sua sede na Placa da Mercedes, a realização de todos os Exames Complementares em um só dia. São eles:

  • Acuidade visual;
  • Audiometria;
  • Eletrocardiograma (ECG);
  • Eletroencefalograma (EEG);
  • Espirometria;
  • Glicemia;
  • Hemograma Completo;
  • Raio-X de Tórax.

Além disso, você poderá marcar, também para o mesmo dia, o exame médico e o treinamento admissional.

Para mais informações, entre em contato com a Gerência Médica do Seconci: (61) 3399-1888 ramais 254/257 (Nelma/João Vitor).

 

Fonte e Imagem: Seconci/DF

LEIA MAIS

Setor da construção desenvolverá um mapeamento de boas práticas em sustentabilidade

Associados têm até o próximo dia 28 de fevereiro para encaminharem os formulários respondidos à Comissão de Meio Ambiente.

A Comissão de Meio Ambiente (CMA) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic), com correalização do Senai Nacional, está mapeando as boas práticas do setor da construção com foco em sustentabilidade, implementadas por construtoras nacionais de micro e pequeno porte. O objetivo é demonstrar o retorno financeiro positivo das empresas, diante do investimento em ações voltadas à sustentabilidade. Os associados têm até o próximo dia 28 de fevereiro para encaminharem os formulários respondidos à comissão, pelo e-mail cma@cbic.org.br, conforme circular enviada no início do mês.
O resultado do trabalho será apresentado em breve. Previsto para ser realizado ainda neste primeiro semestre de 2018, também integra discussão durante o 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic). O assunto será abordado durante a programação da CMA, entre os dias 17 e 18 de maio de 2018. O Enic de Florianópolis será realizado de 16 a 18 de maio, no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Florianópolis (SC). Os interessados em participar podem efetuar suas inscrições pelo site do evento. Para mais informações e inscrições, clique aqui.
Fonte e Imagem: CBIC
LEIA MAIS

Dia 25/02 acontece, em Brasília, a 2ª Corrida e Caminhada do Engenheiro

O evento é organizado pela Mútua e tem o apoio do Confea, do Crea-DF e do DER-DF

Já estão abertas as inscrições para a 2ª Corrida e Caminhada do Engenheiro, que acontece no dia 25 de fevereiro, em Brasília (DF), logo após o VII Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua (21/02 a 23/02). Todos estão convidados a participar desse momento de interação dos profissionais com a comunidade e de incentivo à saúde. O evento esportivo faz parte do Circuito Mútua de Saúde e Bem-Estar, cujos objetivos são voltados à difusão dos valores de uma vida saudável, não somente aos associados e colaboradores da Mútua e dos profissionais do Crea, mas a toda comunidade.

Para se inscrever, acesse:

https://www.centraldacorrida.com.br/corridaecaminhadadoengenheiro2018

Os percursos serão de 5km para a corrida e de 3km para a caminhada. As duas modalidades são subdivididas em seis categorias: Associados Mútua e profissionais do Crea; Estudantes de Engenharia; Público em geral; PCD (andantes e cadeirantes); e Idosos. Associados Mútua, profissionais do Crea, estudantes, PCDs e idosos contam com desconto na taxa de inscrição (valor geral sem desconto R$ 45 – 1º lote).
Serão premiados, em dinheiro e com medalhas, os três primeiros lugares masculino e feminino das categorias Associados Mútua e profissionais do Crea, Estudantes de Engenharia e Público em geral e os primeiros colocados nas categorias PCD andante, PCD cadeirante e idosos. Todos os participantes, tanto da Corrida, quanto da Caminhada, receberão medalhas de participação.

A Corrida acontecerá no Eixão Norte (altura da 209/210), via central de Brasília, que aos domingos é fechada para circulação de veículos, ficando restrita apenas à prática esportiva e a realização de atrações culturais. Diversas atividades e serviços estão sendo organizados para acontecer durante o evento, visando integrar aquelas pessoas que não participarão da Corrida ou da Caminhada.

A 2ª Corrida e Caminhada do Engenheiro tem patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio do Confea, do Crea-DF e do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF).

Fonte e imagem: CREA/DF

LEIA MAIS

Parceria do Seconci-DF com Sesi e Sebrae realiza programas ocupacionais com desconto para micro e pequenas empresas

 

O Seconci-DF, em parceria com o Sesi e o Sebrae-DF, está com oportunidade única para os micro e pequenos empresários da construção civil que necessitam realizar os seguintes programas ocupacionais: Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO). A entidade fez uma parceria com o Sesi e Sebrae-DF e está oferecendo desconto para realização dos programas citados.

Como parte integrante da operacionalização do PCMSO são realizadas as consultas ocupacionais, contendo como propósito avaliar a saúde do trabalhador. Ao final de cada consulta é emitido o ASO – Atestado de saúde Ocupacional. Estão incluídas na parceria as consultas ocupacionais que abrangem exames admissionais, periódico, retorno ao trabalho, mudança de função e demissional, além de homologação de atestados. Os exames complementares, se necessários, não estão inclusos no pacote.

As empresas interessadas devem entrar em contato com o Seconci-DF, preencher o termo de adesão, enviar as informações previstas no termo, agendar visita da equipe técnica para que o técnico responsável possa elaborar os programas PPRA e PCMSO. “Esta é uma grande oportunidade das micro e pequenas empresas do setor da construção civil terem acesso a serviços de segurança e saúde do trabalho de qualidade e com preço acessível. Desta forma, garantem um ambiente de trabalho seguro e saudável para seus trabalhadores, prevenindo acidentes de trabalho e doenças ocupacionais, bem como, evitam notificações e/ou autuações dos órgãos fiscalizadores”, explica a gerente de segurança do trabalho do Seconci-DF, Juliana Moreira.

Os empresários que queiram utilizar esse benefício podem solicitar este serviço por meio do telefone (61) 3399-1888 ramal 247.

Para saber mais sobre essa parceria, clique aqui.

 

 

Fonte e Imagem: SECONCI

LEIA MAIS

Auditoria, Avaliações e Perícias da Engenharia

O Instituto ESB criou uma das especializações mais importantes e relevantes dentro do mercado da Engenharia Nacional que aborda a Auditoria, Avaliações e Perícias da Engenharia.

Baseado na formação de profissionais para avaliação, emissão de laudos e relatórios com diversos objetivos dentro da área, o curso desenvolve o conhecimento para tratamento de patologias na construção, avaliações de imóveis e vistoria cautelar.

Composto por 20 módulos presenciais de 24 horas aula, é realizado 01 encontro mensal em um final de semana. Para facilitar a participação de alunos e professores, que são profissionais de mercado e que a agenda durante a semana é direcionada a negócios e outras atividades.

Sexta-feira das 18:00 hrs as 23:00 hrs

Sábado das 08:00 hrs até as 19:00 hrs

Domingo nas 08:00 hrs até as 13:00 hrs

Os professores são especialistas, mestres e doutores com experiências práticas nacionais e internacionais em empresas de pequeno, médio e grande porte com destaque em suas áreas de atuação. O grande objetivo da especialização é que o aluno possa, ao final do curso, tornar-se na área judicial, Perito Judicial ou Assistente Técnico; na área cível como Consultor emitindo pareceres, laudos e consultorias.

Inscrições e Maiores Informações AQUI

LEIA MAIS

Guia Prático para Cálculo de Linha de Vida e Restrição para a Indústria da Construção

O Serviço Social da Indústria (Sesi), a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) e o Seconci Brasil lançaram, em outubro do ano passado, o Guia Prático para Cálculo de Linha de Vida e Restrição para a Indústria da Construção que foi desenvolvido para auxiliar no dimensionamento de equipamentos de proteção coletiva (EPC) contra queda e sistemas de restrição de movimentação, destinados a eliminar o risco de queda ou minimizar suas consequências.

O material está disponível na internet e pode ser usado como referência para tratar sobre o assunto e melhorar as condições de trabalho no ambiente da construção civil. Com uma abordagem simples e didática para realização dos cálculos, facilita a implementação de ações preventivas na fase da elaboração do projeto do empreendimento e planejamento da obra, contribuindo assim para o cumprimento de requisitos legais quanto à elaboração de projetos de proteção coletiva previstos na Norma Regulamentadora (NR) nº 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção – e na NR nº 35 – Trabalho em Altura –, mais especificamente no Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT).

CLIQUE AQUI para acessar o Guia.

 

Fonte e Imagem: Portal da Indústria 

LEIA MAIS

Obras de alargamento de pontes na EPTG começam nesta quinta (22)

O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) começa, nesta quinta-feira (22), a alargar seis pontes na Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Durante o período das obras, a velocidade nesses pontos ficará reduzida de 80 para 60 km/h.

A primeira obra será no Córrego Samambaia, próximo à Residência Oficial de Águas Claras. A intervenção será feita no sentido Brasília-Taguatinga, logo após o viaduto Israel Pinheiro.

Em decorrência da ampliação da terceira faixa, nesse ponto o trânsito será desviado para a esquerda, e a pista da direita interditada. O DER liberará a via exclusiva dos ônibus apenas no trecho em reforma.

A redução da velocidade no período das obras é para garantir a segurança dos motoristas e dos trabalhadores no local. A readequação da sinalização da área já foi providenciada e as placas, colocadas.

O radar situado logo após o Córrego Samambaia será aferido para autuar o excesso de velocidade acima de 60 km/h a partir de quarta-feira (21). Um novo equipamento de controle de velocidade também foi instalado na saída do viaduto Israel Pinheiro.

O conjunto de obras, licitado pela Secretaria de Mobilidade, é necessário para melhorar o fluxo no local, onde existe um afunilamento na terceira faixa de rolamento, que diminui de 3,50 metros para 2,70 metros.

De acordo com o superintendente de trânsito do DER, Cristiano Cavalcante, a pista passará a ter três faixas de 3,50 metros, além de um acostamento de aproximadamente 2,50 metros. Uma estrutura metálica dará o reforço na ponte que será alargada.

O mesmo será feito na ponte no sentido contrário (Taguatinga-Brasília). A previsão é que a obra comece na segunda quinzena de março.

Ao todo, três trechos receberão reformas: o do Córrego Samambaia, o do Córrego de Vicente Pires (perto do viaduto que leva à Via Estrutural) e o do viaduto da linha férrea (entre o Guará e o Lúcio Costa). A previsão é que as três intervenções terminem em cerca de 120 dias.

 

Fonte e Imagem: Agência Brasília

LEIA MAIS