Skip to Content

Arquivo do blog

SUDECO reúne grandes entidades do setor construtivo do DF

O Conselho Administrativo da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno – COARIDE promoveu um importante encontro na última quarta-feira, 08 de novembro, para a criação de um plano de desenvolvimento urbano que irá apoiar os mais de 35 municípios participantes.

Após três anos sem deliberar, a COARIDE reuniu membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal – CODESE, a Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno – RIDE, o Consórcio Público de Manejo dos Resíduos Sólidos e das Águas Pluviais da Região Integrada do Distrito Federal e Goiás – CORSAP, órgãos públicos e importantes empresários do setor construtivo, tendo como articuladora, a Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste – SUDECO.

Durante a reunião, a COSARP apresentou uma série de ações que visam melhorar a gestão dos municípios da região integrada do Distrito Federal e Goiás sobre a geração de resíduos urbanos de até 5 toneladas por dia. A proposta irá possibilitar uma gestão associada e ambientalmente adequada para o descarte desses resíduos, contemplando projetos na área de saneamento, recuperação de nascentes e desenvolvimento urbano, além de viabilizar a coleta seletiva, a reciclagem e a destinação final dos resíduos não reciclados.

O encontro foi presidido pelo superintendente da Sudeco, Antônio Carlos Nantes de Oliveira, que na ocasião, também representou o Ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. Outros importantes integrantes foram os representantes da Casa Civil da Presidência da República; Ministérios do Planejamento, Fazenda e Cidades; governadores do Distrito Federal e de Goiás; prefeitos dos municípios e membros da RIDE, Allysson Silva Lima, de Alexânia/GO e Pábio Correia Lopes, do Valparaíso de Goiás/GO; secretário-executivo do Conselho Estadual de Desenvolvimento de Goiás – CDE/FCO, Breno Celso de Moura Barbosa, dentre vários outros.

Foram ouvidas as palestras do professor Oscar Ribeiro da Universidade de Brasília – UnB, sobre “O estudo do diagnóstico de saneamento básico das RIDE do Brasil e o Plano Regional de Saneamento Básico da RIDE DF e Entorno desenvolvido através de Termo de Execução Descentralizada entre o Ministério das Cidades e o CDT/UnB”; e de José Pires do Prado – superintendente do CORSAP – “Atividades e ações”.

Esse encontro também foi oportuno para o CODESE apresentar suas condutas em prol do setor construtivo de Brasília e Entorno. O prefeito de Alexânia/GO ficou bastante satisfeito com o que presenciou e sinalizou sua participação, e de vários outros prefeitos da região, na próxima reunião do Conselho, prevista para acontecer na Associação Brasiliense de Construtores – ASBRACO no início de dezembro.

O CODESE, através do membro da Câmera Técnica de Desenvolvimento Urbano e presidente da ASBRACO, Afonso Assad, solicitou uma cadeira, para tratar de assuntos relacionados ao setor produtivo, no COARIDE e na RIDE. O que foi prontamente aceito, inicialmente o Conselho terá assento como convidado constante em todas as reuniões, até que os documentos formalizando essa solicitação sejam devidamente encaminhando para a SUDECO. A intenção é que o CODESE ajude nas ações, atividades e no desenvolvimento do Entorno.

Também estiveram presentes no encontro, o presidente do CODESE, Paulo Muniz e o vice-presidente do CODESE e conselheiro da RIDE, Luiz Carlos Botelho.

A próxima reunião da COARIDE está prevista para o dia 07 de março de 2018, com a expectativa de debater inúmeros planos e projetos de infraestrutura e desenvolvimento urbano, além das ações que já vêm sendo desenvolvidas pela RIDE, CODESE, ASBRACO e demais entidades.

Participe! Sua presença e sua voz são os pilares das novas construções de Brasília e do Entorno!

GALERIA

 

LEIA MAIS

A Construção Civil em Movimento

O cenário na construção civil tem impacto em diversos outros campos da atividade econômica. Os investimentos em obras impulsionam áreas importantes para o desenvolvimento urbano. A construção de mais moradias diminui o déficit habitacional, a ampliação do saneamento básico melhora as condições de saúde da população e a expansão da mobilidade urbana oferece praticidade ao cotidiano, trazendo qualidade de vida. Ou seja, a construção civil é uma forte empregadora, uma atividade na qual a mão de obra humana é estritamente necessária. Sendo, nesse aspecto, fundamental para a retomada da economia do país. Por isso e por sua grande relevância, grandes empresas se uniram para divulgar um dos setores mais importantes para a economia, através de uma campanha que está sendo vinculada na TV sobre construção civil e outros setores da infraestrutura. O projeto se chama “Em Movimento” e a ASBRACO apoia totalmente essa iniciativa!

Associado, divulgue, espalhe esse vídeo. Vamos contribuir com essa campanha, que tanto nos valoriza!

LEIA MAIS