O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, na manhã desta última quinta-feira (19), oficializou, mais uma parceria com a iniciativa privada para o programa Adote uma Praça, com o representante da rede D’Or, Jefferson Clock e do Hospital Santa Lúcia, Rafael Leal, para revitalização do Setor Hospitalar Sul (SHS). Estiverem presentes, durante o evento, diversas autoridades e representantes do setor construtivos do DF, entre eles: Afonso Assad, presidente da Associação Brasiliense de Construtores (Asbraco); Ricardo Caldas, presidente do Sindicato da Indústria da Informática do Distrito Federal (SinFor/DF); Graciomário de Queiroz, que participa ativamente de 3 entidades (Asbraco, Sinduscon e Fibra); Mirelle Corrêa, vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF) e Jamal Bittar, presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra).

“Estamos colocando em prática, com apoio dos empresários, diversos projetos de melhoria do DF, e isso está fomentando o desenvolvimento, gerando, além das benfeitorias, emprego e renda”, destacou o governador Ibaneis Rocha.  

Com a assinatura do termo de cooperação entre o GDF e os dois grupos hospitalares irá formalizar, a iniciativa privada irá financiar a execução total de um projeto urbano de revitalização, desenvolvido por arquitetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh). No croqui estão obras diversas, como recuperação de calçadas e estacionamentos, melhorias na pavimentação e reestruturação de pontos livres para acesso aos transeuntes. Segundo o secretário de Projetos Especiais, Everardo Gueiros, um quinto do total de investimentos será destinado ao reforço da iluminação pública.

Segundo o presidente da Asbraco, Afonso Assad, este é um formato novo e interessante para a realização de revitalização de praças, criado pelo governador Ibaneis Rocha, e que trará benefícios a todos. “As PPP’s (Parcerias-Público-Privado) são mais uma opção para lidar com as dificuldades financeiras que atingem não só o Distrito Federal, mas diversos Estados e Municípios, nosso governador tem ações inteligentes e funcionais”, pontuou.

Na sequência, foi assinado um termo de cessão de uso de um dos blocos, já construído, do parque tecnológico Biotic, na Granja do Torto. O espaço será ocupado pelo Banco de Brasília, que acaba de lançar o centro de inovação BRB Lab.

O Banco irá investir, inicialmente, R$ 15 milhões, para abrigar pequenas novas empresas de tecnologias do DF, as StarUp’s.

O objetivo é estimular o empreendedorismo voltado às novas tecnologias para desenvolver a economia do Distrito Federal. “O programa de inovação tecnológica do BRB é direcionado a transformar Brasília em um centro de atração e fixação de startup, principalmente dos ramos de finanças, seguros e também no campo de governo”, explicou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, que esteve presente no evento.

Com informações da Agência Brasília

Imagem: Sinduscon/DF