Tendo em vista que a preservação das cadeias produtivas formadas por pequenas e médias empresas é vital para a rápida retomada da economia, o BNDES lançou o Programa Crédito Cadeias Produtivas. Trata-se de financiamento à capital de giro, direcionado a empresas de grande porte para atender a necessidade de liquidez de sua cadeia produtiva, formada por empresas de menor porte.

A grande empresa atua como empresa-âncora repassadora de recursos para as empresas menores, garantindo a manutenção do emprego e renda de sua rede. Com isso, a taxa de juros final para a empresa ancorada torna-se baixa.

Com vigência até 20/09/2020, programa conta com orçamento de até R$ 5 bilhões e prazo de vigência limitado, além de um processo mais ágil de tramitação interna no BNDES, para garantir o acesso ao crédito de forma rápida e adequada às necessidades das empresas.

Taxa de Juros

  • Custo financeiro: Selic
  • Remuneração do BNDES: 1,1% ao ano
  • Taxa de risco de crédito: variável conforme risco do cliente e prazos do financiamento

Limites do financiamento

  • Limites do financiamento: a partir de R$ 10 milhões até R$ 200 milhões.
  • Prazos: até 5 anos, incluído o prazo de carência de até 24 meses, com prazo de utilização de até 12 meses.
  • Garantias: definidas na análise da operação.

As empresas interessadas podem se habilitar junto ao BNDES, acessando o Portal do Cliente. Para protocolo do pedido de financiamento, o sistema estará aberto a partir do dia 15/6, quando poderá acessar: Solicitações de Financiamento.

Veja mais informações sobre o Programa Crédito Cadeias Produtivas.

Fonte e Imagem: CBIC