Dirigentes de entidades da construção foram arregimentados por governadores eleitos e entrarão na vida pública a partir de janeiro, levando para o poder público sua experiência administrativa e empresarial. Governador eleito de São Paulo, João Dória (PSDB) anunciou nessa terça-feira (04) a nomeação do presidente do Secovi-SP, Flávio Amary, para a Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo. No Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) confirmou a escolha de Izidio Santos, vice-presidente Administrativo-Financeiro do Sinduscon-DF, para a Secretaria de Obras do DF. “É mais um reconhecimento à qualidade e seriedade do nosso setor”, reagiu José Carlos Martins, presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

Em seu segundo mandato consecutivo à frente do Secovi-SP, instituição que representa o setor imobiliário no Estado de São Paulo, Flávio Amary atua no segmento de desenvolvimento urbano e loteamentos em Sorocaba (SP).  “Aceitei com muito entusiasmo a missão que me foi conferida pelo governador João Doria. Há 27 anos atuo na entidade e no setor com o objetivo de promover a moradia. Não existe sociedade que se possa afirmar justa com pessoas vivendo em favelas, em áreas de risco”, afirmou. “O trabalho na secretaria é uma forma de continuar a luta para melhorar as condições de vida da população e intensificar a produção de habitações de interesse social”. Para assumir a secretaria, a partir de 31 de dezembro Amary licenciar-se-á da presidência do Secovi-SP, função que será desempenhada por Basilio Jafet, atual vice-presidente de Relações Institucionais, até outubro de 2019, quando ocorrem novas eleições na entidade.

A atuação de Izidio Santos no Sinduscon-DF teve início em 2003, integrando o Sinduscon Jovem. Anos depois, passou a compor a diretoria como um dos vice-presidentes. Izidio destacou-se também pela atuação no campo da responsabilidade social, em que assumiu a presidência do Seconci-DF, por dois mandatos (2009-2011 e 2011-2013). Tamanho foi o reconhecimento de seu trabalho que foi convidado a participar da formatação do Seconci Brasil, em 2011. Santos foi substituído pelo vice-presidente Adalberto Valadão Junior.

 

Fonte e Imagem: CBIC