Na noite desta terça-feira (12), a Câmara Legislativa do Distrito Federal promoveu uma Sessão Solene no auditório do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF), para o lançamento da Frente Parlamentar da Construção Civil da Câmara Legislativa do Distrito Federal, sob a presidência do Deputado Roosevelt Vilela e com a presença dos principais representantes  do setor construtivo do DF e convidados, os senhores (as) Daltro Noronha Barros, empresário honorário da construção civil; Afonso Assad, presidente da Associação Brasiliense de Construtores (Asbraco); Pedro Henrique Verano, vice-presidente da Fibra; Júlia Lucy, deputada distrital; Dionyzio Klavdianos, presidente do Sinduscon-DF; Eduardo Aroeira, presidente da ADEMI-DF; Walid de Melo Pires Sariedine, presidente da Junta Comercial do DF, além da presença de vários outros.

Está é uma iniciativa em defesa da construção de Brasília e uma oportunidade para que o setor possa demostrar a grande demanda que Brasília tem.

A Frente tem por objetivo, dentre outros, ampliar os debates sobre políticas públicas para a indústria da construção civil e trabalhadores, promovendo o aprimoramento da legislação federal no diz respeito a indústria da construção civil e o mercado imobiliário.

O Distrito Federal possui um dos mais importantes polos imobiliários do país. O Plano Piloto tem um dos metros quadrados mais valorizado do Brasil, assim como Ipanema e Leblon.

O desenvolvimento econômico do DF está ligado à construção civil. De acordo com dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), 3% de toda a atividade econômica local vem desse segmento. No Brasil, o índice é de 6,2%. Quando o segmento para, ele impacta o ciclo econômico e o emprego. Só no DF, são 63 mil trabalhadores no setor.

*Com informações do Sinduscon-DF