Palavra do Presidente

Passado o penoso ano de 2016, o setor da construção civil, embora impactado pela conturbada crise econômica do Brasil, chega a 2017 em busca de novas estratégias para a retomada do crescimento.

As dificuldades políticas, econômicas e estruturais, infelizmente, perduram. A troca de governo não surtiu o efeito esperado. Desse modo, a classe se mobiliza para encontrar meios de mais se unir em busca de resultados positivos.

Uma importante conquista do setor produtivo do Distrito Federal foi a escolha de um empreendedor para estar à frente da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Antônio Valdir Oliveira Filho, ex-superintendente do Sebrae-DF, trabalha junto ao empresariado há tempo suficiente para seguramente conhecer as demandas e as carências do segmento.

Ao assumir a pasta, o novo Secretário comprometeu-se em fortalecer a economia local e fez alguns pedidos ao Governo do Distrito Federal (GDF) antes de aceitar o convite do Governador Rodrigo Rollemberg.

A principal solicitação foi a de que o GDF não iria aumentar a carga tributária das empresas. As outras três foram combate ao comércio ilegal, simplificação da burocracia e benefícios que estimulem empreendedores brasilienses: “Sou bairrista. Defendo as empresas do DF a qualquer custo”, afirmou Valdir Oliveira Filho.  

Num momento em que o setor produtivo passa a se organizar estruturalmente para conquistar novos espaços e retomar o fôlego econômico, a realização do 89º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), em Brasília, vem selar o  nosso trabalho.

Considerado o maior evento da construção civil na América Latina, o Enic reúne, anualmente, o empresariado do país em peso e abre espaço para discussões sobre o futuro da construção. Entre 24 a 26 de maio, a expectativa é a de que cerca de 2.000 empresários compareçam à capital do Brasil para participar do evento.

Em parceria com as demais entidades representativas, a Asbraco coloca-se, mais uma vez, à disposição das empresas associadas para auxiliar no que preciso for e, assim, avançar no caminho do desenvolvimento social e econômico do Distrito Federal.

 

 

Afonso Assad

Presidente

image


image


image