A cidade não pode parar, e os serviços de manutenção das áreas verdes, restauração de vias públicas, drenagem e, desentupimento de redes de esgoto, continuam sendo realizados pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap). A empresa dispensou do trabalho presencial todos os servidores que se enquadram no grupo de risco do Covid-19 e estabeleceu sistema de teletrabalho para parte dos empregados da área administrativa e de projetos. Mas, para manter as atividades essenciais, em sua maioria externas, adotou todas as medidas de segurança e prevenção estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Visando intensificar o combate ao novo coronavírus, a empresa tem realizado, desde a última semana, a higienização de todo o complexo com hipoclorito de sódio e água. De acordo com João Carlos Schubert, chefe do Departamento de Serviços e Atividades Gerais (Seage), essa ação perdurará até que a transmissão do vírus se estabilize. “Brasília depende de nossos trabalhos e estamos em total atividade, ainda que com efetivo reduzido. Por isso precisamos proteger os que estão em trabalhos externos, assim como os que se encontram aqui no prédio e, a limpeza rigorosa é sempre a melhor forma de prevenção”, afirmou.
Com o início da pandemia, a equipe de Comunicação Institucional da Novacap deu início a uma campanha de conscientização sobre a importância da higienização pessoal além de dicas de como realizar a lavagem das mãos de forma adequada. Também foi divulgado um alerta sobre o uso de máscaras e demais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

O avanço da doença para o Brasil e o surgimento de casos do Covid-19 no Distrito Federal fez com que a Novacap adotasse medidas emergenciais em relação aos seus servidores.
Uma delas, foi a redução de 10 para cinco no número de empregados que utilizam as vans de transporte, responsável pelo deslocamento até as obras existentes em todo DF. Esses veículos agora circulam com os vidros abertos e há, ainda, a higienização interna dos mesmos, antes e depois de sua utilização. Para esses servidores externos também estão sendo disponibilizadas máscaras, luvas descartáveis e álcool gel.
Como essas ações em campo precisam de aporte local, alguns servidores da Novacap voltaram a suas atividades internas, mas, a empresa reduziu o número de pessoas em cada sala, visando manter o distanciamento físico indicado pela OMS.
Candido Teles, diretor-presidente da Novacap, destaca a preocupação de toda a diretoria colegiada com a saúde dos servidores que seguem nas ruas, inclusive os empregados das empresas terceirizadas. “Nossos colegas são orientados e fiscalizados pela Novacap na execução destes serviços, estamos atentos as normas da OMS, por isso cumprimos rigorosos protocolos de proteção contra o novo coronavírus. Nossa preocupação é extensiva aos funcionários das empresas contratadas”, afirmou Teles.

 

Fonte e imagem: Novacap