O Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil deve crescer 2,0% em 2019. A projeção anunciada nesta semana é do Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas(FGV).

Se a estimativa se confirmar, representará o fim de um ciclo de quedas consecutivas no nível de atividade do setor entre 2014 e 2018, de 28%. A perspectiva tem como base a projeção de um crescimento de 2,5% do PIB em 2019.

Nos últimos 12 meses até novembro de 2018, o PIB da construção acumulava queda de 2,3%, a menor dos últimos anos, segundo a FGV.

“Há expectativa de melhora na economia de modo geral, o que tende a elevar os investimentos. E as expectativas para a construção refletem esse cenário”, afirma a coordenadora de Projetos da Construção da FGV/Ibre (Instituto Brasileiro de Economia da FGV), Ana Maria Castelo.

Fonte e Imagem: CBIC