Skip to Content

About: assessor (a)

Recent Posts by assessor (a)

SOLLAR Engenharia LTDA – Associada Asbraco, entrega nova escola à comunidade da Vila Planalto

Unidade provisória foi demolida e reconstruída, beneficiando mais de 600 alunos. GDF investiu R$ 8,1 milhões e gerou 200 empregos

Foram 30 anos de espera para que os mais de 630 alunos do Centro de Ensino Fundamental 01 (CEF 01) da Vila Planalto ganhassem um colégio totalmente reformado. Construído há décadas, o prédio era uma unidade provisória que funcionou até ser condenada e demolida, em 2013. O investimento foi de R$ 8,1 milhões, parte dos cofres locais e o restante de emendas parlamentares do senador Izalci Lucas. A reconstrução da unidade beneficia diretamente 120 estudantes da pré-escola e 510 do primeiro ao nono anos. A obra da única escola pública da região gerou cerca de 200 oportunidades de emprego.

 

A Secretaria de Educação tem feito um belíssimo trabalho, cumprindo à risca as determinações que passamos, reformando todos os ambientes escolares e preparando os colégios para o momento do retorno das aulas. declarou o Governador Ibaneis Rocha

A inauguração ocorreu nesta última quinta-feira (25), com a presença do governador Ibaneis Rocha e outras autoridades. “A Secretaria de Educação tem feito um belíssimo trabalho, cumprindo à risca as determinações que passamos, reformando todos os ambientes escolares e preparando os colégios para o momento do retorno das aulas. É um trabalho de excelência para que as nossas crianças tenham o mesmo padrão que aqueles que têm melhores condições”, destacou o chefe do Executivo local.

“Essa escola significa muito para a cidade, para as crianças, que eram transportadas todos os dias para longe do seio da comunidade e de suas famílias para assistir às aulas”, complementou o governador. “Estamos fazendo um grande esforço na construção e reforma da escola para evitar essa situação. A minha orientação é deixar as crianças onde elas moram. Eles têm que ficar próximo a suas regiões.”

Ibaneis aproveitou para parabenizar a iniciativa: “Saúdo todos os professores e educadores que fazem o Distrito Federal ter um dos ensinos de maior qualidade de todo Brasil. São homens e mulheres que se empenham diuturnamente na formação dessas crianças que serão o nosso futuro. Meus parabéns a todos vocês”.

O secretário de Educação, Leandro Cruz, lembrou que um dos primeiros pedidos do governador foi dar celeridade às obras de escolas que estavam paradas. “Temos obras para supervisionar e entregar em todo DF. Foram muitos anos sem a comunidade ter uma escola de referência na cidade. Agora, entregamos mais um colégio pronto”, reforçou.

 

A escola tem 12 salas de aula, com capacidade de até 33 alunos cada, o que soma mais de 360 vagas

Representando o senador Izalci Lucas, o chefe de gabinete do parlamentar, Paulo Socha, salientou que a entrega da nova escola é um presente do GDF à comunidade. “Como professor, voltar a um ambiente como esse me deixa extremamente realizado”, declarou. Também participaram do evento a administradora do Plano Piloto, Ilka Teodoro; o secretário de Governo, José Humberto Pires, e o deputado distrital Iolando Almeida.

Obra

A construção teve início em Julho/2018 e foi finalizada em Dezembro/ 2020, mas a inauguração foi só agora em Março/ 2021, devido a pandemia. A empresa responsável pela obra junto ao governo foi a Sollar Engenharia sob o comando do engenheiro civil, Marden Frederico Tomas da Silva.

Ao todo, são 12 salas de aula, com capacidade para 30 a 33 alunos cada, o que resulta em mais de 360 vagas. Com isso, a unidade vai atender todos os alunos que foram remanejados para o ensino fundamental da 315 Sul. Até antes da pandemia, os estudantes eram levados de transporte escolar até as unidades.

 

A reconstrução da unidade beneficia diretamente 120 estudantes da pré-escola e 510 do primeiro ao nono anos

Toda a nova estrutura da escola está adaptada para pessoas com deficiência: piso tátil, rampas de acesso, bebedouros e banheiros separados. Do lado de fora, há estacionamento para 35 veículos. Além disso, o novo sistema hídrico é autossustentável, permitindo reutilizar cerca de 800 mil litros de água. O local conta ainda com espaço para música, laboratórios de ciências, informática, auditório e biblioteca, além da quadra poliesportiva.

Diretora da escola há quatro anos, Nilse Pereira agradeceu ao governador Ibaneis Rocha. “Houve outros gestores que não abraçaram a nossa causa. Tenho muito que agradecer à comunidade, às lideranças e a todas as autoridades envolvidas nessa reforma. Não existem palavras. Não é uma vitória minha, mas da comunidade”, disse, emocionada.

Vila Planalto volta a ter uma escola pública e agora nova

A coordenadora da Regional de Ensino do Plano Piloto, Edilene Abreu, salientou que a entrega da nova escola é um momento de esperança para a educação. “Deram continuidade a uma obra, uma escola que é de extrema importância para a comunidade da Vila Planalto e para todo Distrito Federal”, frisou.

Deuselina Rodrigues, 44 anos, é faxineira na escola e mãe de uma das estudantes. Agora, a filha de 10 anos poderá retornar à instituição em que iniciou os estudos. “A escola não foi reformada, mas reconstruída”, relembra. “Quando chovia, era mais dentro do que fora do colégio. As professoras tinham que puxar a água com o rodo”.

Conheça a empresa SOLLAR

A Sollar Engenharia leva até você soluções em projetos de engenharia e gerenciamento de obras, contamos com uma equipe qualificada e multidisciplinar especializada em projetos de instalações nas áreas de hidráulica, elétrica, cabeamento estruturado, climatização, telecomunicações, automação e cálculo estrutural de concreto armado.

SEGMENTAÇÃO DE ATUAÇÃO

  • GERENCIAMENTO E FISCALIZAÇÃO DE OBRA • CONSTRUÇÃO E REFORMA DE EDIFÍCIOS • MANUTENÇÃO PREDIAL • IMPERMEABILIZAÇÃO • MANUTENÇÕES E REFORMAS DE FACHADAS • RECUPERAÇÃO E TRATAMENTO DE ESTRUTURAS • INFRAESTRUTURA • PAVIMENTAÇÕES • SISTEMA DE AR CONDICIONADO CENTRAL • SISTEMA DE DERECÇÃO/ALARME • SISTEMA CONTRA INCÊNDIO – GÁS FM200 • INSTALAÇÕES ELÉTRICAS/LÓGICA

 

GALERIA DE FOTOS

 

 

Fonte: Agência Brasília, com adaptações

Imagens: Agência Brasília

Logo: Empresa Associada

READ MORE

Economia promove webinário sobre operações de crédito

Evento também vai discutir equilíbrio e sustentabilidade fiscal, taxas livres de risco e o sistema de transferências intergovernamentais

A Secretaria de Economia (Seec) promoverá, em 6 e 7 de abril, o 1º Webinário de Captação e Execução de Recursos de Operações de Crédito e de Transferências Voluntárias do Distrito Federal. Com transmissão direta das 9h às 10h30 pelo canal da Seec no Youtube, o evento contará com a presença de representantes do GDF e do governo federal.

De acordo com a subsecretária de captação de recursos da Secretaria de Economia, Cristina Freyer, o principal objetivo do webinário é capacitar os servidores que atuam nesse segmento a executar as verbas de convênios e transferências voluntárias de forma eficiente. “Nosso público-alvo são os executores de contratos e ordenadores de despesas, mas o webinário é aberto a qualquer pessoa interessada no assunto”, explica.

A abertura terá a participação do secretário de Economia, André Clemente. Em seguida, o servidor da pasta Sadi Peres Martins fará o lançamento do Sistema de Gerenciamento de Recursos (Siger), criado e desenvolvido pela Seec para melhorar a gestão e a execução dos recursos recebidos por convênios e financiamentos.

Para falar sobre a Rede + Brasil – Siconv (Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse da União), foram convidados a diretora do Departamento de Transferências da União, Regina Lemos de Andrade, e o coordenador geral de serviços aos sistemas estruturantes do Ministério da Economia, Edércio Bento. O coordenador do Melhoria da Excelência na Gestão das Transferências do Departamento de Transferências da União, Esaú Mendes, falará sobre a gestão da Rede + Brasil.

No segundo dia do evento, os temas abordados serão equilíbrio e sustentabilidade fiscal, taxas livres de risco e o sistema de transferências intergovernamentais. Os convidados são o diretor adjunto da Agência Francesa de Desenvolvimento, Lamine Sow; o coordenador de Estudos Técnicos da Subsecretaria do Tesouro da Secretaria de Economia, Luciano Cardoso de Barros Filho; o coordenador-geral de Relações e Análises Financeiras de Estados e Municípios da Secretaria do Tesouro Nacional, Itanielson Dantas Silveira Cruz, e o auditor de finanças e controle do Ministério da Economia, Reinaldo Pegoraro.

1º Webinário de Captação e Execução de Recursos de Operações de Crédito e de Transferências Voluntárias do Distrito Federal

* 6 e 7 de abril, das 9h às 10h, pelo canal da Secretaria de Economia no YouTube.

Faça sua inscrição por meio deste link.

 

 

Fonte e Imagens: Secretaria de Economia do DF

READ MORE

Nação BRB FLA lançará um cartão pré-pago especial

Comemorativo a mais um campeonato brasileiro conquistado pelo clube do Flamengo, Octacampeão é isento de taxa de manutenção

O Nação BRB FLA, banco digital fruto de parceria inédita e estratégica entre o BRB e o Flamengo, time de maior torcida do mundo, amplia seu portfólio de produtos e lança, nesta quarta (31), um cartão especial. Trata-se do Octcampeão, o pré-pago comemorativo ao octacampeonato brasileiro, conquistado este ano pelo Flamengo.

Em apenas oito meses, colocamos de pé um banco completo e inovador, que oferece produtos personalizados, experiências exclusivas e plataforma de investimentos”Paulo Henrique Costa, presidente do BRB

Com design exclusivo, o Octacampeão não possui taxa de manutenção, tem valor de recarga mínima de R$ 10 e está habilitado para uso em lojas físicas e on-line. O produto também permite saques em dinheiro na Rede 24 horas, e os gastos podem ser acompanhados por meio do app do banco digital.

Lançado em julho do ano passado, o Nação BRB FLA já tem 250 mil contas. O banco digital está presente em 72% dos municípios brasileiros e em 33 países. “Em apenas oito meses, colocamos de pé um banco completo e inovador, que oferece produtos personalizados, experiências exclusivas e plataforma de investimentos – tudo sem deixar de lado os serviços que também são disponibilizados pelos bancos tradicionais”, destaca o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, lembrando que o novo cartão reforça a cartela de produtos do banco.

Parceria de sucesso

São mais de 280 opções de investimento

“Com mais essa novidade, o torcedor rubro-negro, além de poder mostrar seu orgulho de ser o maior campeão nacional do país, poderá investir no banco do Flamengo”, ponta o vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo, Gustavo de Oliveira. “Esta sociedade com o BRB está cada dia mais forte, oferecendo sempre produtos de qualidade, com a cara da nossa fantástica nação rubro-negra”.

Entre os variados produtos e serviços do mercado financeiro oferecidos pelo Nação BRB FLA, estão cartões, seguros e uma plataforma de investimentos exclusiva. Resultado de parceria com a Genial, a plataforma de investimentos entrou em operação neste mês e disponibiliza mais de 280 opções diferentes de investimento, além de Home Broker (sistema que permite aos investidores negociar ações e outros ativos financeiros pela internet) para operar diretamente no mercado de ações.

O Nação BRB FLA também oferece um seguro para acidentes pessoais com descontos em medicamentos e orientação médica por videochamada 24 horas por dia, cheque especial, crédito pessoal, Pix e acesso à Sala BRB Vip Club no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, em Brasília (consulte as condições de seu cartão).

Como se inscrever

  • Para abrir a sua conta digital, baixe o app Nação BRB FLA nas lojas de aplicativo.
  • Para solicitar o Cartão Octacampeão, baixe o app Nação BRB Pré (disponível para iPhone, iPad, e iPod). O valor da emissão do cartão é de R$15.
  • Veja mais informações sobre o banco digital, também disponíveis nos canais do Twitter, do Instagram e do Facebook.  Outras informações sobre o banco digital estão disponíveis em nacaobrbfla.brb.com.br, bem como nas redes sociais.

Fonte e Imagens: Agência Brasília com informações do BRB

READ MORE

Governador decreta ponto facultativo na próxima quinta (1/4)

Ato não se aplica a áreas essenciais, como saúde, segurança pública e assistência social, além de órgãos envolvidos no combate à pandemia

Em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), publicada nesta segunda-feira (29/3), o governador Ibaneis Rocha decretou ponto facultativo para o funcionalismo público local na próxima quinta-feira (1/4). A data é véspera do feriado nacional da Paixão de Cristo, celebrada na sexta-feira (2/4).

O Decreto 41.951 estabelece o ponto facultativo para os servidores e funcionários da administração direta e indireta do Governo do Distrito Federal (GDF). O ato não se aplica às áreas de saúde, segurança, vigilância sanitária, comunicação, assistência social, órgãos de fiscalização do consumidor, Serviço de Limpeza Urbana, Secretaria de  Proteção da Ordem Urbanística do Distrito Federal (DF Legal), assim como para a Receita do Distrito Federal. Também ficam de fora do decreto os servidores da Força Tarefa instituída pelo Decreto nº 41.913, de 19 de março de 2021, que deverão seguir as instruções das respectivas chefias.

 

Permitido pelo Artigo 100, incisos VII e XXVI, da Lei Orgânica do Distrito Federal, o decreto estabelece ainda que as unidades responsáveis por atendimentos essenciais aos cidadãos devem manter escalas que garantam a prestação ininterrupta dos trabalhos.

Fonte: Secretaria de Economia do DF

Imagem; Internet

READ MORE

Amanhã é o último dia para aderir ao Refis 2020

Pessoas físicas e jurídicas podem aderir ao Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis 2020) até amanhã, 31 de março.

Operação virtual

Quem tiver débitos com o GDF pode simular valores e condições, negociar os débitos e gerar documentos para o pagamento de forma totalmente digital, sem sair de casa. Basta acessar o Portal de Serviços da Receita do Distrito Federal.

O acesso pode ser feito por pessoas jurídicas, mediante certificação digital, e por pessoas físicas, por certificação digital ou com login/senha. No site, há também um link para sanar dúvidas frequentes sobre o Refis.

No atendimento virtual, na opção Refis-DF 2020, o contribuinte também pode tirar dúvidas sobre como aderir ao programa. Esse atendimento pode ser acessado em qualquer horário.

Em 2020, pela primeira vez, o GDF concedeu descontos –tanto no valor principal da dívida quanto em juros e multas – que chegaram a 95%. No caso do desconto no valor principal, vale para débitos atualizados de até R$ 100 milhões, consolidados por CPF ou CNPJ.

Puderam ser renegociadas dívidas relativas a ICMS, Simples Candango, ISS, IPTU, IPVA, ITBI, ITCD, além débitos não tributários. Fica fora dessa segunda etapa do Refis 2020 apenas a Taxa de Limpeza Pública (TLP).

Formalização

Poderão ser incluídos no Refis 2020 os débitos de fatos geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2018, assim como os saldos de parcelamentos referentes a fatos geradores ocorridos até a mesma data.

A adesão ao Refis é formalizada com o pagamento da dívida à vista ou da primeira parcela, quando a opção for o parcelamento. Após esse primeiro pagamento, o contribuinte pode retirar certidão positiva com efeito de negativa, desde que não haja outros débitos em atraso atribuídos ao mesmo CPF ou CNPJ. Sem certidões negativas da Receita do DF, ou positivas com efeito de negativas, instituições financeiras não liberam crédito às empresas, que também ficam impedidas de participar de licitações.

Nos casos de parcelamento, o valor de cada parcela não poderá ser inferior a R$ 400, quando se tratar de débito de pessoa jurídica, e a R$ 100, quando for débito de pessoa física.

Balanço

Entre 16 de novembro e 16 de dezembro de 2020, o Refis alcançou a expressiva marca de R$ 2,6 bilhões de débitos renegociados. A expectativa inicial de arrecadação era de R$ 500 milhões, meta que foi batida em apenas 11 dias.

Ao todo, 34.441 pessoas físicas e 8.803 pessoas jurídicas finalizaram seus processos de regularização tributária junto à Secretaria de Economia (Seec) na etapa do Refis realizada no ano passado. Do total renegociado, mais de R$ 460 milhões já foram pagos ao governo por meio do que é considerado o Refis mais arrojado do tipo já feito no DF.

Confira, abaixo, as situações em que o Refis incentiva a regularização de débitos tributários e não tributários de competência do DF.

Redução do valor principal do imposto atualizado nas seguintes proporções:
a) 50% do seu valor para débitos inscritos em dívida ativa até 31 de dezembro de 2002;
b) 40% do seu valor para débitos inscritos em dívida ativa entre 1° de janeiro de 2003 e 31 de dezembro de 2008;
c) 30% do seu valor para débitos inscritos em dívida ativa entre 1° de janeiro de 2009 e 31 de dezembro de 2012.

Redução de juros e multas, inclusive as de caráter moratório, nas seguintes proporções:
a) 95% do seu valor, para pagamento à vista ou em até 5 parcelas;
b) 90% do seu valor, para pagamento em 6 a 12 parcelas;
c) 80% do seu valor, para pagamento em 13 a 24 parcelas;
d) 70% do seu valor, para pagamento em 25 a 36 parcelas;
e) 60% do seu valor, para pagamento em 37 a 48 parcelas;
f) 55% do seu valor, para pagamento em 49 a 60 parcelas;
g) 50% do seu valor, para pagamento em 61 a 120 parcelas.

O Refis 2020 aplica-se aos débitos relativos a:

  • Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias (ICM) e Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS);
  • Regime Tributário Simplificado do Distrito Federal (Simples Candango);
  • Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), inclusive o devido pelos profissionais autônomos e sociedades uniprofissionais de que tratam o artigo 90, parágrafos 1º e 3º, e o artigo 94 do Decreto-lei nº 82, de 26 de dezembro de 1966;
  • Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU);
  • Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA);
  • Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos de Bens Imóveis por Natureza ou Acessão Física e de Direitos Reais sobre Imóveis (ITBI);
  • Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis ou Doação de Bens e Direitos (ITCD);
  • Débitos não-tributários, na forma do regulamento, estabelecido do decreto regulamentador.

Fonte: Secretaria de Economia do DF

Imagem: Internet

READ MORE

Aumento do aço é pauta na Jovem Pan

O Jornal da Manhã, da Rede Jovem Pan News,  apresentou, hoje, a reportagem “Construção quer abertura das importações” que trata sobre o aumento do custo do aço.

A reportagem cita que a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) solicitou ao governo federal a redução do imposto sobre a importação do aço, com base nos resultados de uma pesquisa feita pela entidade com 206 construtoras que identificou que 84% das empresas consultadas estão desabastecidas da matéria-prima.

“O aumento está ficando cada vez maior. Para ter uma ideia, no mês de janeiro, o índice nacional do custo da construção, estava em 11%, em fevereiro chegou a 22%. Todo dia recebemos novas tabelas de preço, isso é muito grave. Vai gerar obrigatoriamente, a diminuição de empregos na construção civil”,  disse José Carlos Martins, presidente da CBIC, na reportagem.

Assista à íntegra, pelo YouTube, aqui
.

Ou leia no site da Jovem Pan.

 

Fonte e Imagens: CBIC

READ MORE

Radar Trabalhista: Empresas que fizeram adesão antecipada já podem enviar DCTFweb

O Radar Trabalhista da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) de 22 a 26 de março destaca que as empresas que, no período de 1º a 19 de fevereiro de 2021, optaram pela adesão antecipada à Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais Previdenciários e de Outras Entida­des e Fundos (DCTFWeb) e tiveram o pedido deferido – conforme mensagem enviada para a caixa postal do contribuinte no Portal eCAC – já podem transmitir a declaração a partir do período de apuração 03/2021.

O sistema foi atualizado, de maneira a possibilitar a entrega da declaração por esse grupo de pessoas jurídicas.

Além desse destaque semanal, o Radar Trabalhista CBIC nº 0191 traz uma seleção de decisões publicadas por Tribunais Superiores, Executivo, Ministério Público do Trabalho e Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, como a da Quarta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que rejeitou o recurso de um agente de atendimento que pretendia o reconhecimento de rescisão indireta (rescisão por falta gra­ve do empregador) do seu contrato de trabalho com a Teleperformance CRM S.A., de São Paulo (SP), por assédio moral.

Um dos fundamentos para a recusa ao pedido foi a falta de reação imediata do trabalhador à alegada ofensa, pois a ação somente foi ajuizada seis meses depois dos fatos apontados para justificar a rescisão indireta.

O informativo integra o projeto ‘Monitoramento de Normativos e Dados de SST/RT – Radar Trabalhista’, realizado pela CBIC, por meio da sua Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT), com a correalização do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

Confira a galeria com todas as edições do Radar Trabalhista.

 

 

Fonte e Imagem: CBIC

READ MORE

Terracap retoma TerraMais; Novo prazo de adesão é 31 de março

Os clientes da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) têm uma nova chance de aderir ao TerraMais. Trata-se do maior Programa de Renegociação, Captação e Fidelização de Clientes já realizado pela empresa pública, que alcança toda a carteira de vendas imobiliária da Agência. O Terramais volta com as mesmas ofertas: até 100% de descontos sobre multas e juros de mora para as renegociações de débitos em atraso; migração dos juros de 1% ao mês ou 0,8% a.m. dos contratos antigos para os atuais 0,5% a.m.; e prêmio de até 7,5% em carta de crédito do valor pago antecipado pela amortização de no mínimo 50% ou quitação do saldo devedor.

A decisão da Terracap em retomar o TerraMais deve-se à alta demanda de clientes que buscaram pelos benefícios da campanha após o término do prazo, bem como para estar em consonância com o GDF que, sensível ao momento econômico causado pela pandemia, também estendeu o prazo do Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis), atendendo o anseio do setor produtivo local e do contribuinte comum em negociar as dívidas junto ao governo.

A adesão à campanha já pode ser feita, até o dia 31 de março, pelo site: www.terracap.df.gov.br e deve ser solicitada por meio de requerimento online, clique aqui.

Na edição passada, cerca de 850 clientes, entre pessoas físicas e jurídicas, fizeram a solicitação de adesão ao TerraMais.

Renegociação de dívidas em atraso

Com a nova oportunidade, os clientes com parcelas em atraso junto à Terracap podem obter até 100% de descontos sobre os valores atualizados de multas e juros de mora. Todas as renegociações serão feitas observando os vencimentos até 2 de março de 2021. Para fazer jus ao desconto nas penalidades, o mutuário terá que retomar os pagamentos do financiamento.
Para dar condições de pagamento e de tornar o cliente adimplente, a Terracap permite, ainda, o refinanciamento das parcelas vencidas no saldo devedor pelo restante do prazo do contrato.
Além dos clientes que compraram lotes em licitações, aqueles que regularizaram seus imóveis por meio dos programas de venda direta, incluindo as vendas diretas feitas a entidades religiosas e de assistência social, que também estão em atraso, poderão aderir à campanha. Podem também participar interessados cujos contratos são oriundos de vendas no âmbito dos programas de desenvolvimento Proin-DF, Prodecon-DF, Pades-DF, Pró-DF e Pró-DF II.

Migração de juros para patamares atuais: 0,5%

A segunda possibilidade prevista na campanha é a migração de juros para os contratos antigos. Neste caso, os clientes cujos contratos de vendas tenham taxas de juros de 1% a.m. ou 0,8% a.m. podem reduzir a taxa de juros para os patamares praticados atualmente, ou seja, 0,5%. A adesão fica condicionada à alienação fiduciária devidamente registrada para os contratos que não possuem garantia.
Caso haja parcelas em atraso, os interessados também podem aderir aos descontos de até 100% de multas e juros.

Fidelização de clientes por meio de incentivo à quitação ou amortização: prêmio de até 7,5%

Já o incentivo da campanha àqueles que desejam antecipar ou quitar o saldo devedor é atraente. Aos contratos de vendas de licitação pública e de vendas diretas no âmbito dos programas de desenvolvimento da Terracap, poderá ser concedido prêmio de até 7,5% do valor pago antecipado pela amortização de no mínimo 50% ou quitação do saldo devedor de cada contrato para com a Agência, a ser oferecido em Certidão de Crédito. A concessão do prêmio, no entanto, não abrangerá o saldo de parcelas em atraso.

O prêmio será calculado com base no valor da correção, dos juros e encargos pagos no contrato.
Para participar desta modalidade da campanha, é preciso que o interessado não perca tempo. A classificação e bonificação dos clientes se dará por ordem cronológica de recebimento do requerimento de adesão. Uma vez atingido o valor previsto de R$ 100 milhões, encerra-se a concessão de premiações.

Como participar

A adesão à Campanha TerraMais será feita por meio do portal da Terracap, no endereço eletrônico: www.terracap.df.gov.br. Ao acessar a página, o usuário deve clicar em “Serviços” e, em seguida, em “Requerimento Online” (https://servicosonline.terracap.df.gov.br/), devendo descrever no requerimento o tipo de adesão, bem como todos os dados do contrato e cópia do RG, CPF ou CNPJ do titular ou do procurador legal. Neste caso, deverá ser juntado o instrumento de procuração com poderes para firmar acordos. Esses passos devem ser seguidos para aqueles que querem fazer renegociação de dívidas ou a migração de juros.

Aos que querem antecipar parcelas devem informar ainda, também por meio de requerimento, se pretende quitar ou amortizar no mínimo 50% do saldo devedor do contrato.

Mais informações podem ser obtidas por meio do call center da Terracap no número (61) 3350-2222 ou via chat on-line, disponível no portal da Agência. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Fonte: Terracap

Imagem: Internet

READ MORE

BRB na linha de frente contra a Covid-19

Em fase de modernização e ampliação de serviços, o Banco Regional de Brasília (BRB) adianta algumas novidades e aponta conquistas de mercado. Mas, no momento, a prioridade é apoiar o setor produtivo do DF para minimizar os impactos econômicos causados pela pandemia. E também arrecadar recursos para a construção de novos hospitais públicos na capital que atendam pacientes com Covid-19.

Ajuda empresarial

O presidente do banco, Paulo Henrique Costa, em entrevista exclusiva à coluna, informou que o próprio BRB doou R$ 3 milhões. Os empresários do DF estão fazendo importantes doações. O sindicato das lojas de material de construção (Sindmac), Ademi, Fecomércio-DF e Sinduscon se mobilizaram e estão contribuindo com recursos. “É muito importante esta união neste momento. O setor empresarial está engajado conosco, tendo uma atitude muito solidária para o bem de toda a sociedade”, ressalta Paulo Henrique.

Contêineres acoplados

As novas unidades hospitalares serão construídas com os recursos do Instituto BRB, que terá mais agilidade para contratar os serviços necessários. Elas serão acopladas aos hospitais já existentes e instaladas em contêineres especialmente produzidos para esse tipo de uso.

Doação JBS

A JBS doou a unidade já em funcionamento de Ceilândia. E sinalizou com uma nova doação para Samambaia.

As unidades custarão R$ 14 milhões cada e terão capacidade para mais 400 leitos de UTI.

Acredita-DF atendeu 59 mil

O balanço do primeiro mês do programa Acredita-DF, que criou medidas de socorro financeiro aos empresários e também a pessoas físicas no DF, superou as expectativas. O valor de créditos concedidos, renegociados e com prorrogação de pagamento pelo BRB chegou a R$ 840 milhões. Foram beneficiados cerca de 59 mil clientes, destes 1 mil empresas. “O governador Ibaneis Rocha pediu que o banco desse esse apoio ao setor produtivo”, diz o presidente do BRB.

Novo conceito de agências

Até 2022, serão inauguradas mais cinco agências do BRB no DF, totalizando 105 unidades. A próxima a abrir será a do Noroeste, em 90 dias. Lago Sul, Lago Norte e Samambaia também devem ganhar pontos do BRB. A unidade do Terraço Shopping vai mudar de lugar, saindo do segundo piso para uma loja mais ampla no térreo.

Atendimento personalizado

“Estamos reformulando nosso modelo de atendimento no varejo, reformando agências e criando serviços que agregam tecnologia e uma ação mais personalizada”, explica Paulo Henrique.

Expansão no Centro-Oeste

Serão inauguradas 15 agências na Região Centro-Oeste até o fim de 2022. E, depois de 3 anos sem operar com os recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), o BRB voltou a oferecer as linhas de crédito. “Na nossa gestão, nos reaproximamos da Sudeco e voltamos a trabalhar juntos. Foi aberta para o BRB uma linha de R$ 250 milhões”, conta.

Líder em crédito imobiliário

Pela primeira vez na história do BRB, o banco fechou um ano como líder de operações de crédito imobiliário no DF. Foi o que ocorreu em 2020. E, no início de 2021, as operações no setor já cresceram 300%. “A cada 10 operações, 4 são nossas”, aponta.

“Nosso trabalho é tornar o BRB mais competitivo no mercado e mais presente na interação com a cidade e os brasilienses. Vamos crescer como empresa sem abrir mão do nosso papel social e indutor da economia local”, afirma Paulo Henrique Costa.

 

Fonte e Imagens: Correio Braziliense

READ MORE

GDF realiza ações para implantar o Parque Burle Marx

Unidade de Conservação, administrada pelo Brasília Ambiental, aguarda resultado de licitações para obras de infraestrutura

O Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e do Instituto Brasília Ambiental, está empenhado em estabelecer o Parque Ecológico Burle Marx de forma efetiva. Para entregar o espaço à população, um pacote de ações tem sido realizado na Unidade de Conservação (UC) por meio de investimentos da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap), referentes a condicionantes e compensação ambiental da implementação do Setor Habitacional Noroeste.

O parque ecológico, situado entre a Asa Norte e o Noroeste, recebeu diversas intervenções positivas como cercamento, roçagem, plantios, construção de ciclovia com 5 km, às margens da Avenida W7, e a histórica retirada de 1.602 veículos do depósito do Departamento de Trânsito (Detran/DF), que ocupava a área há décadas. “A implementação da unidade ecológica representa um ganho muito importante para o meio ambiente e para a população do DF, que aguarda a concretização desse grande projeto há anos”, ressalta o presidente do Brasília Ambiental, Cláudio Trinchão.

Uma das ações para implementar o Parque Burle Marx foi a retirada de 1.600 carros do Detran que ocupavam parte da área | Foto: Divulgação/Brasília Ambiental

Trinchão ainda destaca a importância do Plano de Manejo da UC, aprovado em janeiro deste ano, para articulação e viabilização de recursos que vão beneficiar o espaço ambiental. “No caso do Burle Marx, o documento conta com dez programas. Um deles é o Plano de Recuperação de Áreas Degradadas (Prad), que já está em discussão e apresenta as diretrizes fundamentais para a recuperação ambiental das áreas afetadas, incentivando plantios e ações de mitigação de danos”, aponta.

Recentemente, o Parque Burle Marx recebeu um plantio de 500 mudas de ipês coloridos para instalação do primeiro Bosque dos Ipês, voltado para a Asa Norte. Em breve, um segundo bosque será implantado na parte voltada para o Noroeste, formando um mosaico de cores. Ainda integrando o tratamento paisagístico da UC, a expectativa é de que, até o fim deste ano, sejam plantadas 9 mil mudas nativas do Cerrado cedidas pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap).

O edital de licitação para contratação de empresa que execute as duas ilhas de lazer, com urbanização e paisagismo, foi publicado pela Terracap e ficará aberto até o dia 13 de abril, às 10h

Projeção 

Em uma primeira etapa, o projeto do parque prevê a implantação de estacionamentos, duas ilhas de lazer que serão compostas por campo de futebol, quadras poliesportivas, quadras de areia, Pontos de Encontro Comunitários (PECs), academias ao ar livre, parquinho infantil, pergolados, bicicletários e sanitários, além da construção de duas guaritas, uma voltada para a Asa Norte e outra para o Noroeste. Também haverá paisagismo da área com plantio de árvores e grama.

O edital de licitação para contratação de empresa que execute as duas ilhas de lazer, com urbanização e paisagismo, foi publicado pela Terracap e ficará aberto até o dia 13 de abril, às 10h. “O projeto do Parque Ecológico Burle Marx é completo, agrega tratamento paisagístico e urbanístico ao espaço público do Setor Noroeste, tornando-o um ponto de convívio comunitário para lazer e descanso, com a utilização dos seus equipamentos esportivos, mobiliários urbanos, espaços para caminhadas e contemplação”, sintetiza o diretor Técnico da Terracap, Hamilton Lourenço.

O Parque Ecológico Burle Marx integra uma área verde de 280 hectares que ainda preserva uma das maiores manchas de Cerrado da cidade, sendo considerado um importante corredor ecológico entre o Parque Nacional de Brasília e o lago Paranoá.

 

Fonte e Imagens: Agência Brasília com informações do Brasília Ambiental

READ MORE

 

Recent Comments by assessor (a)

    No comments by assessor (a)