Segundo o presidente da CEF as taxas continuarão diminuindo conforme os anúncios do Bacen. Financiamentos visam a classe média

Os financiamentos para a casa própria feitos via poupança terão uma redução de um ponto percentual nas taxas de juros. Esse foi o anúncio feito pela Caixa Econômica Federal (CEF) na manhã desta última terça-feira (8/10). A medida se aplica aos financiamentos com saldo devedor corrigido pela Taxa Referencial (TR) do sistema de habitação e imobiliário com mínimo de TR + 7,5% e máxima de TR 9,5%, mais procurados pela classe média.

“Os juros continuarão caindo conforme a determinação do Banco Central. Enquanto cair lá, nos também baixaremos”, afirmou  o presidente da CEF, Pedro Guimarães.

O IPCA ainda poderá ser utilizado como indexador com taxa de 2,95%, mas segundo, Guimarães este é um valor muito volátil por ser corrigido pela inflação. “Em longo prazo, se você já tiver pagado uma boa parte da dívida, não precisará se preocupar, mas se não, corre o risco de ter uma instabilidade”, disse Guimarães.

Desde agosto os clientes podem fazer as simulações no site da CEF e comparar os juros com outros bancos. Segundo Guimarães, as simulações já superaram a expectativa do ano, com R$ 10,12 bilhões de créditos aprovados.

Fonte e imagem: Correio Braziliense