O Compliance significa estar absolutamente em linha com normas, controles internos e externos, além de todas as políticas e diretrizes estabelecidas para a modernização da gestão de entidades e empresas do Setor da Construção Civil.

Para esta em conformidade com os padrões internacionais, é necessário que o setor subsidie suas próprias políticas de controle interno, por isso é imprescindível adequar a legislação que estabelece essa obrigatoriedade de implantação, proporcionando uma melhor estruturação das empresas.

Hoje, 23 de maio, a Asbraco e o Sinduscon, representados pelos diretores João Carlos Pimenta, Ruyter Kepler de Thuin, e seus respectivos presidentes, Luiz Afonso Delgado Assad e Luiz Carlos Botelho Ferreira estiveram em reunião com o chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio e o secretário de Estado da Controladoria Geral, Lúcio Carlos Filho para debaterem o assunto.

Favoráveis às solicitações do setor, os representantes do governo atuarão pontualmente na tentativa de suspender o prazo de vigente para aplicação do Compliance, além de produzir, em parceria com a Construção Civil, um novo PL que aponte a melhor estrutura a ser inserida pelos empresários e pelo setor público, trazendo condições de isonomia e operacionalidade.

A união do setor na busca por soluções demonstra representatividade e força perante o governo. Está é mais ação promovida pela ASBRACO em parceria com o Sinduscon com o intuito de defender associados e empresários do setor de forma geral, além de demonstrar total transparência para a sociedade brasiliense.

Imagem: Introduce