Exemplo de exibição da data e hora atual

🕒

Restaurante Comunitário do Varjão vai servir até 2,4 mil refeições por dia 

Nesta quinta-feira (20) , A Asbraco junto com Empresa Infra Engeth Infraestrutura Construção e Comércio Ltda, se reuniu com Governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha e autoridades para assinatura do restaurante comunitário na cidade do varjão. Investimento na obra é de R$ 7,3 milhões, para atender os mais de nove mil moradores da cidade e demais regiões 

“Nós queremos que a população faça todas as refeições do dia, com comida barata no café da manhã, no almoço e no jantar. Aqui, com R$ 2 por dia, a pessoa vai poder se alimentar bem, com uma refeição balanceada e nutritiva. Por isso, os restaurantes comunitários se tornaram prioridade para nós”Governador Ibaneis Rocha

Comida barata e saudável o dia todo e todos os dias. É com essa máxima que o Governo do Distrito Federal (GDF) lançou a obra de mais um restaurante comunitário, desta vez no Varjão, para atender aos mais de nove mil moradores da cidade e a quem frequenta a região. A unidade será inaugurada em 2024 já no novo formato – aberta de segunda a segunda, com café da manhã, almoço e jantar.

O restaurante do Varjão será construído pela Novacap na Quadra 8, Conjunto F, Lote 1 da cidade, com início imediato da obra, em uma região próxima à futura rodoviária da região administrativa. Nesta quinta-feira (20), o governador Ibaneis Rocha esteve no local para acompanhar o começo dos trabalhos e reforçou a importância de expandir a rede de restaurantes comunitários pelo DF.

“Nós queremos que a população faça todas as refeições do dia, com comida barata no café da manhã, no almoço e no jantar. Aqui, com R$ 2  por dia, a pessoa vai poder se alimentar bem, com uma refeição balanceada e nutritiva. Por isso, os restaurantes comunitários se tornaram prioridade para nós; lançamos na semana passada o de Samambaia e agora estamos aqui no Varjão para essa obra”, disse o chefe do Executivo.

“Esse governo toma as medidas para atender as prioridades da população. Onde houver demanda e necessidade nós levaremos uma unidade, conforme determinação do governador Ibaneis Rocha”Fernando Leite, diretor-presidente da Novacap

O investimento é de R$ 7,3 milhões, e o espaço terá capacidade para 368 lugares e fornecimento de até 2,4 mil refeições por dia. Ao longo de um ano, o restaurante poderá servir até 864 mil refeições. Para a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra, unindo os restaurantes comunitários a outros programas, o GDF cumpre o objetivo de levar comida a quem mais precisa.

“Quando a gente fala em segurança alimentar e nutricional, é garantir três refeições diárias, por isso o governador colocou o jantar e a abertura dos restaurantes aos domingos. Ele mesmo disse: a população come todos os dias, então os restaurantes não podem fechar. E essa é a intenção com o programa Prato Cheio, que é um complemento, e também com a Cesta Verde. Com essas iniciativas, o governo trabalha na garantia da segurança alimentar”, pontua.

Fonte: Agência Brasília.