Após uma longa batalha judicial e negociação por parte do Governo do Distrito Federal (GDF), foi assinada na manhã desta quarta-feira (9) a ordem de serviço que libera as obras de construção do Hospital Oncológico Doutor Jofran Frejat.Já o projeto arquitetônico foi elaborado por uma empresa contratada pela Diretoria de Edificações da Companhia da Nova Capital (Novacap). Serão investidos R$ 99.965.265,47, recursos liberados pelo Fundo Nacional da Saúde, do Ministério da Saúde. O prazo para conclusão das obras é de 36 meses.

 

Pela projeção da Secretaria de Saúde, o Hospital Oncológico de Brasília terá capacidade de realizar até nove mil atendimentos por ano. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Distrito Federal registra, anualmente, cerca de 5,5 mil casos novos da doença em adultos. Autoridades do Governo do Distrito Federal Presentes e a Associação Brasiliense de Construtores representada pelo Presidente Luiz Afonso Delgado ,prestigiaram essa grande homenagem ao Deputado Jofran Frejat , que veio a falecer por vítima de Câncer 23 de novembro de 2020.

O ex-deputado federal Jofran Frejat morreu nesta segunda-feira (23) aos 83 anos, vítima de câncer no pulmão. Ele estava internado em um hospital em Brasília.

Jofran Frejat era médico-cirurgião e foi deputado federal por cinco mandatos pelo Distrito Federal. Chegou à Câmara dos Deputados como constituinte em 1987, então filiado ao PFL (atual DEM). Também passou por PP, PPB e PTB e, desde 2007, estava filiado ao PR.

Ao longo dos mandatos, se licenciou algumas vezes para ocupar o cargo de secretário da Saúde do DF, quando atuou na reformulação do sistema público de saúde.

Na Câmara, atuou em diversas comissões. Entre elas, a Comissão de Seguridade Social e Família, da qual foi presidente em 2008. Em 2014, Frejat disputou o segundo turno na eleição para governador do Distrito Federal, pleito vencido por Rodrigo Rollemberg.