Exemplo de exibição da data e hora atual

🕒

Número de mulheres na construção civil cresce 50%

Número de mulheres na construção civil cresce 50%

Fast Engenharia preza a liderança feminina em todos os setores

A presença feminina na Construção Civil vem crescendo nos últimos anos. Em 2021, o número de mulheres no setor cresceu 50%. Atualmente, são mais de 200 mil ocupando cargos em escritórios de engenharia, indústrias e canteiro de obras, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego. 

No Brasil, foram criados vários projetos para qualificar a mão de obra feminina, entre eles o Programa Mulheres Construindo Autonomia na Construção Civil, criado em 2012 pelo governo federal, tendo como propósito formar mulheres de baixa renda para a inserção nesse mercado de trabalho. 

O terceiro setor também vem estimulando o ingresso de mulheres na construção. Das iniciativas criadas, destacam-se o projeto Mão na Massa, no Rio de Janeiro, e a ONG Mulheres em Construção, no Rio Grande do Sul. As propostas têm como objetivo oferecer cursos de formação na área da construção civil, promovendo autonomia e empoderamento das trabalhadoras. 

Um exemplo de quem conquistou seu espaço no setor majoritariamente masculino é a  Tatiana Fasolari, vice-presidente da Fast Engenharia. Após assumir o negócio da família, a executiva trouxe um novo olhar para a empresa que, hoje, é considerada a maior da América Latina voltada para overlays (montagem de grandes estruturas provisórias).

“A luta para conseguir representatividade em um setor masculino não é fácil. Os resultados recentes do setor são animadores, porém não o suficiente, mas seguimos em busca de mais inclusão”, comentou.

A empresa dobrou o seu quadro de mulheres totalizando 40 que possuem o salário igualitário ao dos homens. “Nosso time no Chile é praticamente de mulheres, entre elas engenheiras, gestoras e arquitetas. Buscamos sempre dar preferência para a mulher”, afirma Tatiana. 

Na liderança da Fast Engenharia, Tatiana coordenou a montagem de grandes eventos como os Jogos Olímpicos Rio 2016, a Copa do Mundo FIFA 2014, o GP de Fórmula 1 de São Paulo, os Jogos Olímpicos da Juventude Buenos Aires 2018, os Jogos Pan-Americanos Lima 2019 e os Jogos Sul-Americanos Assunção 2022. Além, de todas as edições do Rio Open e também dos Jogos Pan-Americanos Santiago 2023, que acontecerão em outubro deste ano.

Imagens relacionadas


Tatiana Fasolari
Fast Engenharia
baixar em alta resolução