O termo não é novo – empregado há muitos anos no setor industrial, o retrofit faz aquilo que indica a tradução da palavra do inglês para o português: dar nova forma a algo antigo. Incorporado pela construção civil inicialmente na Europa, o conceito tem uma pegada sustentável e explica o trabalho que recupera edificações já existentes ao invés de demolir a estrutura para recomeçar a obra do zero. No Brasil, a técnica ganhou adeptos nos anos mais recentes e agora está na mira das prefeituras de capitais que querem atrair investimentos e novos moradores para os centros históricos – a aposta é conceder incentivos para recuperar prédios subutilizados nessas regiões. É o caso do Cais Rooftop, no Centro Histórico da Capital (foto), em frente aos armazéns do Cais Mauá. Fonte : Empresas e Negócios