Exemplo de exibição da data e hora atual

🕒

Sinapi 2024: Seminário discutirá custos e índices da construção, em Brasília

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Distrito Federal (Sinduscon-DF), com patrocínio da Associação Brasiliense de Construtores (Asbraco), realizarão, no dia 21 de fevereiro, seminário para discutir o Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi). O evento será em formato presencial, a partir das 14h, na sede da entidade local, no SIA, em Brasília. As inscrições são gratuitas, porém as vagas são limitadas. Garanta logo a sua!

O seminário “Desmistificando o Sinapi” marca o início das comemorações dos 60 anos do Sinduscon-DF e visa debater as contribuições regionais para aperfeiçoar e atualizar a ferramenta. Além de representantes da CBIC e do sindicato, o evento terá apresentações de técnicos da Caixa Econômica Federal e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que poderão tirar dúvidas do público.

O secretário de Obras e Infraestrutura do DF, Luciano Carvalho, está entre os nomes confirmados.

No Sinapi, a Caixa é responsável por toda a base técnica de engenharia, pelo processamento de dados e pela publicação dos relatórios de preços e custos, enquanto o IBGE atua na realização da pesquisa de preço, tratamento dos dados, formação e divulgação dos índices.

O sistema de custos e índices gerados pelo Sinapi tem uma abrangência enorme para a construção, que passa a ser ampliada com a implementação dos projetos que compõem o Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), destaca o vice-presidente de Infraestrutura da CBIC, Carlos Eduardo Lima Jorge. “A parceria firmada entre a CBIC, a Caixa Econômica e o IBGE tem permitido um progressivo aperfeiçoamento do Sinapi, na medida em que o setor aponta suas dificuldades e também levanta as características regionais. Num país com as dimensões do Brasil, essas regionalidades têm impacto considerável na produtividade, no transporte, nas pesquisas de preços”, diz.

O presidente do Sinduscon-DF, Adalberto Valadão Júnior, ressalta que o Sinapi é utilizado para auxiliar na elaboração de orçamentos do setor, fornecendo valores de referência para os materiais, mão de obra, equipamentos e serviços utilizados na construção. “Os profissionais da área podem ter uma base sólida para calcular os custos de um projeto e evitar surpresas desagradáveis durante a execução da obra”, afirma.

No entanto, Valadão Júnior destaca a necessidade de atualização constante do sistema para que a indústria trabalhe com segurança jurídica, com base em valores justos, especialmente no Distrito Federal. “O seminário é importante para todos os agentes envolvidos no ecossistema da indústria da construção, como atores governamentais, projetistas, contratantes de obras públicas, empreiteiros, financiadores, órgãos de controle e empresários. O objetivo é disseminar os resultados do processo de revisão e aferição das composições do Sinapi”, diz.

A vice-presidente de Obras e Infraestrutura do Sinduscon-DF, Tereza Christina Cavalcanti, reforça que o seminário é essencial para sanar as dúvidas dos orçamentistas de todos os órgãos públicos e demais instituições que utilizam a planilha Sinapi em seus processos licitatórios. “É uma ferramenta de referência para os preços de insumos e de custos de composições de serviço na construção”, afirma.

“É um evento relevante inclusive para os técnicos do Tribunal de Contas compreenderem melhor a planilha, uma vez que o órgão fiscaliza a sua utilização por parte de outras instituições de governo, como Novacap, Secretaria de Obras, entre outras. O evento pode trazer maiores esclarecimentos da planilha e definição de preços para os processos licitatórios, melhorando a qualidade e a eficácia dos resultados da indústria da construção. O seminário será um grande momento para tirar dúvidas e conversar diretamente com os parceiros da Caixa, do IBGE e da CBIC”, disse Tereza.

Clique aqui e faça sua inscrição!

Confira abaixo a programação completa:

14h | Recepção credenciamento

14h30 | Abertura do Seminário

  • Adalberto Valadão Júnior, presidente do Sinduscon-DF;
  • Luciano Carvalho, secretário de Obras do Governo do Distrito Federal;
  • Afonso Assad, presidente Asbraco.

14h40 | Composição da mesa técnica

14h45 | Considerações sobre o tema

  • Carlos Eduardo Lima Jorge, vice-presidente de infraestrutura da CBIC
  • Geraldo Eduardo, consultor e gestor do Projeto de Revisão do Sinapi na CBIC;
  • Tereza Cavalcanti, vice-presidente do Sinduscon-DF;
  • Pedro Ferreira, suplente da vice-Presidência do Sinduscon-DF;

14h50 | “A Ferramenta Sinapi: Procedimentos e Metodologias da Formação dos Custos”

  • Alexandre Cayres, gerente nacional da Cepad da Caixa Econômica Federal;
  • Arnaldo Lopes, gerente executivo do Sinapi na Caixa Econômica Federal;
  • Mauro de Castro, gerente executivo do Sinapi da Caixa Econômica Federal.

15h40 | Coffee Break

15h55 | “Metodologia e Tratamento da Coleta

de Preços para Aplicação ao Sinapi”

  • Gustavo Vitti, coordenador de Índices de Preços no IBGE;
  • Augusto Sérgio de Oliveira, gerente do Sinapi no IBGE

16h45 | Perguntas e respostas

FONTE: CBIC