Skip to Content

Category Archives: Notícia

Secretário de Habitação vai discutir sobre interconectividade na pandemia

Mateus Leandro de Oliveira participa de debate nesta segunda-feira (13/7) realizado pelo instituto Insper. Águeda Muniz, secretária de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza também é uma das palestrantes

O Secretário de Desenvolvimento, Urbanismo e Habitação do Distrito Federal, Mateus Leandro de Oliveira, participa, nesta segunda-feira (13/7) de debate realizado pela plataforma Arq.Futuro, do Insper, instituição de ensino superior localizada em São Paulo.  O evento online acontece das 16h às 17h30.
Participa também do debate Maior agilidade na gestão pública: aprendizados e possíveis iniciativas a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente de Fortaleza, Águeda Muniz. Entre os assuntos discutidos estarão o avanço na utilização de novas tecnologias, a interconectividade oferecida por elas e o papel da  pandemia para acelerar certos processos.
Além disso, serão abordados maneiras de utilizar as ferramentas tecnológicas para facilitação e simplificação de decisões políticas, sobretudo em situações de emergência pública, e ainda como tornar a tecnologia acessível a todos. O link pode ser feito no site do evento.

Webinar

A ação faz parte da série de discussões virtuais denominada Cidade e o planejamento urbano: os desafios e as oportunidades gerados pela pandemia. Diversos secretários de habitação de todo o país são convidados para os debates.
O evento é uma iniciativa da plataforma de discussões  sobre o futuro das cidades, Arq.Futuro, do Insper. O objetivo do projeto é buscar democratizar informações sobre temas urbanos e contribuir para a melhoria da qualidade de vida das cidades brasileiras.
Fonte e Imagem: Correio Braziliense
READ MORE

Empresários defendem desoneração da folha de pagamento

Em entrevista à Band News, no dia 9, o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), José Carlos Martins, defendeu a derrubada do veto à desoneração da folha de pagamento. “Não tem programa social melhor do que carteira assinada. Qualquer Bolsa Família fica para trás”, disse Martins, afirmando que “no instante em que se coloca carteira assinada, tem que desonerar”.

A CBIC e cerca de outras 30 entidades enviaram ao Senado Federal e à Câmara dos Deputados ofício reforçando a importância da derrubada do veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, e a manutenção da desoneração da folha de pagamento por mais um ano, por entenderem que o adiamento de impostos é medida imprescindível à preservação de cerca de 6 milhões empregos formais diretos no país e que o impacto da desoneração da folha em meio à pandemia do novo coronavírus seria insuportável.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (Democratas), disse que o apoio à prorrogação da medida cresceu no Congresso e que os deputados devem votar pela derrubada do veto.

“Esse debate agora está no Congresso, está na Câmara, e eu espero que a gente consiga derrubar esse veto. Derrubar esse veto vai significar garantir empregos no próximo ano”, diz Maia.

Fonte e Imagem: CBIC com informações da Band News e do Jornal Nacional

READ MORE

Convenção Secovi 2020 será 100% digital, com desconto até o dia 15

Estão abertas as inscrições para a Convenção Secovi 2020. Neste ano, com um diferencial: o evento será 100% online, contando com uma plataforma interativa entre participantes e palestrantes.

“Trazer o evento para o mundo digital será uma oportunidade para potencializar o networking virtual qualificado entre profissionais e empresários de todo o Brasil”, destaca Basilio Jafet, presidente do Secovi-SP. Segundo ele, as lives durante o período de pandemia já pavimentaram o caminho para o sucesso do evento.

A iniciativa ocorre dias 24, 25 e 26 de agosto, com temas de relevância para a indústria imobiliária, sobretudo neste novo momento e terá desconto especial para as inscrições efetuadas até o dia 15, conforme destaca o presidente da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Celso Petrucci. Confira no vídeo a seguir:

Confira a programação:

Segunda-feira – 24 de agosto

17 horas – Retomada econômica: condições e condicionantes

Uma conversa entre Luiz Carlos Trabuco Capri, presidente do conselho administrativo e ex-CEO do Brasdesco, e Basilio Jafet, presidente do Secovi-SP e reitor da Universidade Secovi, sobre caminhos para reativação da economia nacional, as influências do mercado internacional e como será a recuperação da indústria imobiliária.

18 horas – O consumidor nunca mais será o mesmo

Uma conversa com Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva, sobre as principais transformações no perfil do consumidor e as repercussões dessas mudanças nos hábitos e costumes, especialmente na escolha de imóveis.

Terça-feira  – 25 de agosto

17 horas – Loteamentos saem fortalecidos da última crise?

Uma conversa entre três dos principais players do mercado de loteamento sobre as perspectivas de crescimento do setor, que vai muito além de uma casa no campo: desenha e redesenha cidades. Os inéditos resultados da pesquisa semestral do setor e uma análise sobre indícios de êxodo dos grandes centros urbanos também fazem parte das discussões.

Mediador:

  • Caio Portugal – Presidente da AELO e Vice-presidente de desenvolvimento urbano e meio ambiente do Secovi-SP.

18 horas – Pinga-fogo: as principais questões do setor de desenvolvimento urbano e loteamentos discutidas com quem sabe respondê-las

Queremos ouvir os empreendedores de loteamentos sobre dificuldades nos procedimentos em prefeituras, Graprohab, Registro de Imóveis, concessionárias de serviços públicos, Iphan e outros, as quais comprometem a viabilidade temporária e/ou definitiva de aprovação, implantação e entrega de obras ao poder público. Queremos falar sobre o trabalho do Secovi-SP e da Aelo para remover os obstáculos. Queremos receber para destravar a atuação dos empreendedores que constroem os bairros de futuras cidades.

Participantes confirmados:

  • Vicente C. Amadei – Diretor Executivo da Vice-Presidência de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do Secovi-SP;
  • Olivar Vitale – Conselheiro Jurídico do Secovi-SP;
  • Mariangela Machado – Assessora Consultiva da Lello Condomínios, Diretora da Focus Trading – Desenvolvimento Urbano e Gestão e Diretora de Associações em Loteamentos e Bairros Planejados do Secovi-SP;

Mediador:

  • Caio Portugal – Presidente da Aelo e Vice-presidente de desenvolvimento urbano e meio ambiente do Secovi-SP;

18 horas – O que muda (ou não) no mercado de escritórios e lajes corporativas

Uma conversa entre Adriano Sartori, vice-presidente da CBRE e Vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP, e Daniel Cherman, presidente da Tishman Speyer no Brasil, a respeito do futuro do segmento de imóveis. Espaços maiores ou menores? Grandes lajes vão ter função mista (escritório/moradia)? Qual a tendência em termos de valores e taxa de ocupação? Só triple A terá futuro? As pequenas salas (individualizadas) terão maior demanda? E como o home office repercute no setor? Os Fundos de Investimento Imobiliário serão cada vez mais parceiros?

19 horas – Lei de liberdade econômica e o valor dos contratos

Uma conversa entre Carlos Ari Sundfeld, professor titular da FGV Direito-SP e presidente da sociedade brasileira de direito público (SBDP), e Marcelo Terra, coordenador do conselho jurídico da presidência do Secovi-SP, sobre como a Lei de Liberdade Econômica protege a livre iniciativa e confere ao Estado o papel de atuar como agente normativo e regulador. Também em discussão, os efeitos práticos da legislação no setor imobiliário, no valor dos contratos e no tratamento de distratos.

Quarta-feira – 26 de agosto

17 horas – Panorama do mercado de incorporação imobiliária residencial

Uma conversa entre os CEOs da Cyrela, Tecnisa, Tegra e Trisul sobre como estão atuando no mercado. Novos modelos de negócio, mudanças na tipologia dos imóveis de luxo, alto/médio padrão e econômicos, escrituras digitais e outras inovações que se firmam como o novo normal imobiliário.

Painelistas confirmados:

  • Meyer Nigri – Presidente do Conselho da Tecnisa.
  • Ubirajara de Freitas – Presidente da Tegra Incorporadora.
  • Jorge Cury Neto – CEO da Trisul.

Mediador:

  • Celso Petrucci – Economista-chefe do Secovi-SP.

18 horas – Metamorfose digital: ser lagarta ou borboleta?

Uma conversa sobre quais são os próximos passos das transformações digitais, como quem ainda está engatinhando pode acelerar e começar a andar e o que as empresas imobiliárias – sejam pequenas, médias ou grandes -, não podem deixar de fazer. Agora.

18 horas – Painel do Interior

Investimentos públicos e privados vinham impulsionando a dinâmica da economia de cidades do interior paulista. A região se consolidou como um dos maiores mercados consumidores do País, sendo responsável por mais de 53% do total de recursos gastos com alimentação, habitação, transporte, saúde, vestuário e educação, entre outros itens, em todo o Estado de São Paulo. E o mercado imobiliário, agente fundamental em toda essa equação, assim como os demais setores produtivos, sofreu um baque com a covid-19. Qual a visão governamental sobre a situação e que mecanismos podem ser adotados para ajudar o interior?

Painelista confirmado:

  • Rodrigo Garcia – Vice-governador do Estado de São Paulo.

Mediador:

  • Frederico Marcondes – Vice-presidente do interior do Secovi-SP.

19 horas – É o seguinte, dois pontos

O que o setor produtivo tem a dizer sobre o que espera das políticas – e dos políticos. Em discussão, como destravar o Brasil, combater o desemprego, garantir a recuperação da economia, e a decisiva contribuição da indústria imobiliária (se deixarem) nesse processo.

Inscreva-se!

*Sujeita a alterações

 

Fonte e Imagem: CBIC

READ MORE

GDF sanciona lei que ajudará pequenos empresários do Distrito Federal

Procred é um fundo garantidor que prevê créditos com taxas de juros mais baixas

Com o objetivo de socorrer o pequeno empreendedor, que sofreu bastante com o impacto da pandemia da Covid-19 em seus negócios, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, sancionou nesta quarta-feira (8) o Programa Emergencial de Crédito Empresarial do Distrito Federal (Procred).

O Procred é uma espécie de fundo garantidor que prevê créditos com taxas de juros mais baixas a empresários, principalmente os mini, micro e pequenos empreendedores. Além deles, empresas de qualquer porte dos ramos de cultura, turismo e ensino terão direito ao benefício.

O projeto de lei que institui o Procred foi elaborado pelo Governo do Distrito Federal em maio deste ano. A Câmara aprovou em dois turnos no mês seguinte. O governador então sancionou nesta quarta-feira, tornando-o, agora, lei.

Para ter acesso aos empréstimos oferecidos pelo Procred, o empresário deverá estar estabelecido no Distrito Federal e inscrito no Cadastro Fiscal do DF.

Diferencial

O principal diferencial do Procred é o fato de o próprio GDF oferecer garantia de pagamento de obrigações financeiras assumidas pelas empresas.

“O programa não teria a mesma eficiência se o governo não entrasse para cumprir esse papel, pois o acesso ao crédito depende de garantias que a maioria dos pequenos empresários não consegue reunir”, afirma o secretário de Economia, André Clemente.

Além do próprio Distrito Federal, autarquias, fundações públicas e empresas estatais dependentes de recursos do Tesouro poderão ser cotistas do fundo garantidor, que terá natureza privada e patrimônio próprio. A utilização de bens imóveis como garantia terá de ser autorizada pela Câmara Legislativa.

Deveres

Segundo o presidente do Banco de Brasília, Paulo Henrique, neste primeiro momento, o montante de recursos disponíveis para empréstimos via Procred é de R$ 500 milhões.

“Mas teremos condições de conceder até R$ 2,5 bilhões”, afirma.

O empresário deverá ficar atento para não ultrapassar o limite de sua receita bruta anual de 40%. O beneficiário do crédito precisa, ainda, apresentar declaração de compromisso, contendo a necessidade do crédito para manter o funcionamento de suas atividades econômicas, e apontar a destinação de recursos.

Outra exigência do governo é que as empresas que lançarem mão do crédito terão de se comprometer a manter ou aumentar o número de empregados existente em 29 de fevereiro de 2020.

“Esse empréstimo dá uma oportunidade de acesso de empreendedores a crédito mais barato e facilitado”, reforça Paulo Henrique.

Para o presidente da Associação Brasiliense de Construtores (Asbraco), Afonso Assad, esse aporte, para muitos, será um folego a mais para que não sucumbam a falência e ainda represente importante ajuda na recuperação da economia do DF.

“Essa lei realmente garante recursos para os mini, micro e pequenos empreendedores, ajudando-os a superar dificuldades financeiras e ao mesmo tempo mantêm os empregos, com a possibilidades até, de gerar novas oportunidades. Com o GDF como garantidor das operações esses empresários conseguirão os empréstimos necessários e que, em situações normais, geralmente não seria possível. Essa ação entre o governo do Distrito Federal, a Câmara Legislativa e o BRB fará a diferença, principalmente quando ocorrer a diminuição dos casos da pandemia, tendo reflexo inclusive na regularização da área de saúde, pois gerando empregos e rendas, equilibramos as contas, essas empresas voltam a funcionar e o DF voltar à normalidade”, declarou Assad.

Fonte: Agência Brasília com acréscimos
Imagem: Internet

READ MORE

Área de Relações Trabalhistas da CBIC debate situação de obras no País

A Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) realiza na sexta-feira (10), a partir das 10h, reunião virtual para tratar de importantes assuntos do setor da construção como os da situação das obras nos estados.

Desde o dia 24 de abril, a CBIC passou a divulgar o Levantamento e Atualizações das Informações de Obras em Andamento x Obras Paradas realizado junto às entidades associadas, em razão do novo coronavírus (Covid-19).

“A CBIC está acompanhando o tema desde o início da pandemia, mas intensificou o levantamento e está disponibilizando o material semanalmente nos canais de comunicação da CBIC [site, redes sociais e CBIC Hoje+]”, frisa o presidente da CPRT/CBIC, Fernando Guedes Ferreira Filho.

Durante o debate, mediado por Fernando Guedes, os participantes também serão atualizados sobre questões legislativas afetas à área, notadamente a recém publicada Lei nº 14.020, que institui o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda; sobre o lançamento da CANPAT Construção deste ano e atualizações sobre as negociações coletivas nos Estados.

A reunião é aberta às entidades associadas da CBIC e às empresas de construção afiliadas a elas.

Interessados em se associar à CBIC devem enviar e-mail para cbic@cbic.org.br

A reunião é uma iniciativa que integra o projeto ‘Realização/Participação de/em Eventos Temáticos de Relações do Trabalho/Segurança e Saúde no Trabalho (RT/SST)’, realizado pela CBIC, por meio da sua Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT), com a correalização do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

 

Fonte e Imagens: CBIC

READ MORE

Nova versão do Portal das Construtoras permite controle das unidades

A partir deste mês de julho, o Portal das Construtoras, canal de atendimento para consulta de dados dos empreendimentos habitacionais contratados, oferece aos clientes Caixa da construção civil mais uma funcionalidade. A nova versão do portal, que foi lançado em setembro de 2019, fornece relatórios para controle das unidades financiadas na construção e também das financiadas após a conclusão do empreendimento.

Além do novo relatório, mais funcionalidades do portal exclusivo para os clientes da construção civil serão lançadas nas próximas atualizações.

Segundo o vice-presidente de Habitação, Jair Mahl, essa nova visão para o construtor permite o melhor controle das suas operações em relação aos financiamentos concedidos pela Caixa sobre as unidades vinculadas aos seus empreendimentos.

“A nova ferramenta agrega ainda mais às informações que a Caixa presta aos construtores, sendo uma resposta que vem ao encontro de uma expectativa criada nos encontros entre a Caixa e a Associação”, afirma o vice-presidente.

Pela nova funcionalidade, será possível acessar a lista de todos os empreendimentos, em construção ou finalizados há até 30 meses. Com ambiente amigável e aparência agradável de fácil acesso, o Portal das Construtoras está disponível às construtoras já cadastradas. Confira!

Na avaliação dos representantes da Comissão de Habitação de Interesse Social da CHIS/CBIC, que participaram das reuniões técnicas junto à equipe da Caixa e da pesquisa para identificar as melhorias que poderiam ser promovidas no Portal das Construtoras, as atualizações promovidas pelo portal estão aderentes às necessidades que o momento requer. Especialmente no que diz respeito a ter acesso às informações de forma facilitada, sem demandar consulta aos gerentes locais de cada regional, que devem estar focados em atender as medidas emergenciais atuais.

“O Portal da Construção deve estar continuamente em processos de atualizações das ferramentas e abertura de consulta para outros partícipes do mercado imobiliário e essa relação próxima com a Caixa possibilita essa parceria de modernização constante”, afirma o presidente da CHIS/CBIC, Carlos Henrique Passos.

Mais funcionalidades

Para as futuras entregas do portal, devem ser agregados mais dados aos relatórios já existentes. Também estão previstas a inclusão de informações sobre empreendimentos com obras com mais de seis meses de atraso; demonstrativo de liberação de recursos; pedido de liberação PJ; remuneração do vendedor; entre outros.

“O incremento da ferramenta com a inclusão de novos relatórios é um importante balizador da relação entre a Caixa e as construtoras, trazendo, além de celeridade, maior transparência e fidelidade de informações”, comemora o superintendente nacional de Operações de Habitação, Luiz Nei Rios Paula.

Para ter acesso ao Portal das Construtoras, o cliente PJ Construção Civil deve solicitar à sua agência de relacionamento para realizar o cadastro.

Fonte e Imagem: CBIC

READ MORE

CBIC Convida | Conversa com vice-presidente da República, Hamilton Mourão

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção lança na próxima segunda, dia 13 de julho, o especial #CBICConvida, com a participação do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, para uma conversa sobre o Brasil e a retomada do crescimento.

Com vagas limitadas, a transmissão terá início às 10h e será via ferramenta Zoom.

↳ Garanta o seu lugar! https://bit.ly/cbicconvida-HM

 

O evento marca o início da nova gestão da CBIC (2020-2023), presidida por José Carlos Martins. Até o fim do ano outras personalidades de destaque do cenário nacional participarão de lives mensais da entidade.

 

Fonte e Imagem: CBIC

READ MORE

Radar Trabalhista: Maio registra saldo negativo de postos de trabalho

Radar Trabalhista da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) do dia 6 destaca a retração de -331.901 postos de trabalho no saldo de empregos com carteira assinada no país, segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

No mês, houve 703.921 admissões e de 1.035.822 desligamentos. Com o resultado, o acumulado do ano chegou a -1.144.875 postos formais de trabalho. As atividades econômicas tiveram os seguintes resultados: Serviços (-143.479), Indústria geral (-96.912 postos), Comércio (-88.739 postos) e Construção (-18.758 postos).

Além desse destaque da semana, o Radar Trabalhista CBIC nº 0153 traz uma seleção de decisões publicadas de 29 de junho a 3 de julho de 2020, por Tribunais Superiores, Executivo, Ministério Público do Trabalho, Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho e e-Social, bem como comunicações sobre a que informa que, sem lista tríplice ou processo de seleção, a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho tem novo titular.

O auditor-fiscal do Trabalho Rômulo Machado e Silva é o novo subsecretário de Inspeção do Trabalho. Ele assume o cargo no lugar do auditor-fiscal do Trabalho Celso Amorim.

Brasiliense, Rômulo ingressou na carreira da Auditoria-Fiscal do Trabalho no Amazonas. Atualmente lotado e em exercício no Distrito Federal, há muito tempo exerce sua função na unidade central do Ministério do Trabalho, atual Ministério da Economia. Sua última função foi assessor do Gabinete da Secretaria de Trabalho. O auditor acompanha de perto e teve participação intensa no processo de revisão das Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho (NRs).

O informativo integra o projeto ‘Monitoramento de Normativos e Dados de SST/RT – Radar Trabalhista’, realizado pela CBIC, por meio da sua Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT), com a correalização do Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

Confira a galeria com todas as edições do Radar Trabalhista.

 

Fonte e Imagem: CBIC

READ MORE

Volta a melhorar a projeção para o PIB Brasil em 2020

Após estimar retração de 6,54% no dia 26 de junho, a pesquisa Focus, realizada semanalmente pelo Banco Central com analistas do mercado financeiro, melhorou as projeções para o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em 2020 ao projetar, no dia 3 de julho, queda de 6,50% para a economia brasileira.

Segundo a economista do Banco de Dados, Ieda Vasconcelos, alguns resultados mais alentadores para a economia também começaram a ser divulgados nos últimos dias.

O crescimento da produção industrial é um deles. Depois de registrar dois meses de queda acentuada, -9,2% em março e -18,8% em abril, a produção da indústria cresceu 7% em maio em relação ao mês anterior, na série com ajuste sazonal, conforme os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Apesar de não ter eliminado totalmente a queda de 26,3% acumulada nos dois meses anteriores e a base de comparação estar muito baixa, a expansão de 7% em maio foi a mais elevada desde junho/2018.

De acordo com o IBGE, o avanço de 7,0% da atividade industrial na passagem de abril para maio de 2020 apresentou perfil generalizado de crescimento, alcançando todas as grandes categorias econômicas e 20 dos 26 ramos pesquisados. “Os impactos da crise causada pela pandemia provocada pela Covid-19 ainda são fortes, mas os números sinalizam que o pior pode ter ficado para trás”, frisa Vasconcelos.

A melhora no Índice de Confiança do segmento industrial, conforme Sondagem realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), envolve a Indústria Geral, a Indústria Extrativa, a Indústria de Transformação e a Indústria de Construção. Todos os resultados das pesquisas relativas ao mês de junho demonstram resultados melhores do que os observados em abril e maio, apesar de ainda estarem em patamares inferiores aos observados no mês de março. Também se observa melhora no Índice de Confiança do Comércio, Serviços e Consumidores, conforme indicador divulgado pela Fundação Getúlio Vargas.

Veja a íntegra da análise da economista Ieda Vasconcelos no Informativo Econômico.

 

Fonte e Imagem: CBIC

READ MORE

Entidades do Setor da Construção fazem nova mobilização contra a Covid-19

O pico da Covid-19 chegou ao Distrito Federal exigindo esforço redobrado para manter a atividade econômica em um ambiente de segurança sanitária para o trabalhador. Mantendo o compromisso de preservar a saúde de todos os seus colaboradores, as entidades do setor da construção – Sinduscon-DF, Ademi-DF, Asbraco e Seconci-DF – lançam nessa quarta-feira (01/07), uma campanha para reforçar a conscientização e a mobilização para combater o novo coronavírus. Juntas, vão atuar para intensificar a adoção das medidas de saúde e segurança nos canteiros e escritórios desencadeadas desde o início da pandemia.

“Lave as mãos, evite aglomerações e use máscara. Estes são os cuidados básicos para proteger você e os outros! Cuide-se!”. Com esse mote, as entidades farão uma nova rodada de ações de prevenção e esclarecimento, estimulando que os cuidados sejam mantidos. A campanha também visa incentivar o trabalhador do setor a manter a atenção com os cuidados individuais, fora do ambiente de trabalho.

“Nosso setor se mobilizou desde o início, para proteger e preservar a vida dos nossos trabalhadores, de forma a trabalharmos com segurança. Agora, é momento de reafirmar as ações de prevenção”, afirma o presidente da ADEMI DF, Eduardo Aroeira Almeida. O presidente do Sinduscon-DF, Dionyzio Klavdianos, relembra que a construção civil foi considerada um serviço essencial no DF. “As entidades do setor têm se empenhado desde então para levar informação e orientação necessária para todos os envolvidos no segmento”, reforça. “As entidades estão se mobilizando e trabalhando fortemente para que, nestes próximos 20 dias, considerado o pico da pandemia em Brasília, possamos reforçar as campanhas e orientações aos empresários, sobre métodos de prevenção à Covid em suas obras, escritórios e casas. Temos que redobrar a atenção e o cuidado, o apoio do Seconci/DF junto as empresas tem sido de extrema importância, precisamos nos unir nesta luta contra a Covid”, afirma o Afonso Assad, presidente da Asbraco.

A ação ocupará todo o mês de julho, ampliando a atuação do Seconci-DF, parceiro do setor no cuidado com o trabalhador da indústria da construção. “O Seconci-DF tem participado ativamente no combate dessa pandemia, desde o início até os dias de hoje, em apoio as entidades e empresas do setor da construção civil do DF. Daqui para frente, temos o dever de intensificar os nossos esforços de prevenção e orientação aos nossos trabalhadores. É neste sentido que essa ação conjunta está sendo promovida”, explica o presidente do Seconci-DF, Marcelo Machado Guimarães.

Segurança e saúde – As entidades do setor da construção no DF estão mobilizadas desde meados de março, quando a pandemia chegou ao Brasil, para orientar e oferecer a empresários e trabalhadores do setor informação e ferramentas necessárias para o enfrentamento ao novo coronavírus. Nesse período, foram preparadas cartilhas e outros materiais orientativos para esclarecer e prevenir a transmissão da Covid-19. Também foram realizadas reuniões virtuais, lives e divulgados videos para levar informação ao maior números de pessoas. Esse esforço envolveu diálogo rotineiro com o Sindicato dos Trabalhadores do DF (Sticombe) e órgãos públicos.

Serviço social da indústria da construção, o Seconci-DF, atuou com agilidade no apoio às empresas associadas ao Sinduscon-DF, à Ademi-DF e à Asbraco. Desde o início da crise sanitária no DF, há três meses, cerca de seis mil trabalhadores do setor foram alcançados em ações como:

  • Distribuição de cartazes: 2 mil cartazes distribuídos gratuitamente;
  • Produção de conteúdo: vídeos orientativos, cartazes e cartilha;
  • Linha Direta Covid-19: WhatsApp para tirar dúvidas sobre a doença. Atendimento prestado pela equipe médica do Seconci-DF;
  • Visitas orientativas: equipe multidisciplinar montada para ir aos canteiros prestar orientações sobre a doença e dicas de prevenção ao trabalhador.

Responsabilidade social – Entidades e empresas do setor também realizaram ações de apoio ao Governo do Distrito Federal (GDF), doando equipamentos de proteção e outros itens para ajudar no combate ao novo coronavírus. Atendendo a pedido da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH), foram doadas 6 mil máscaras descartáveis; 15 frascos de 400 mL de álcool em gel; e 1 mil luvas descartáveis para proteger e garantir a atividade das equipes do órgão.

Nos próximos dias, a ADEMI DF e Sinduscon-DF doarão recursos para a compra de bombas de infusão e monitores para respiradores do Hospital da Polícia Militar do DF.

 

Texto e imagens: Fonte em conjunto entre Asbraco, Ademi, Seconci e Siduscon

READ MORE